12 de ago de 2008

Saber ...

Conversando com o João, eu aqui, ele lá em Portugal, qdo nos conhecemos, falamos sobre nosso trabalho. Contei sobre o meu. Ele falou sobre o dele. Mas, como lá e aqui, algumas palavras tem significados diferentes, ou são usadas palavras lá que aqui não estamos acostumados a usar... só sei que eu entendi que o João era eletricista. Bom. Pensei cá com meus botões: ele é gente simples, de simples trato.. Isso fazendo comparações como os eletricistas que aqui conheço. Seria par perfeito para a simplicidade do meu viver. Ledo engano! Quando aqui chegou, aos poucos fui descobrindo quem era o João realmente, falando profissionalmente. E, isso se fez verdade quando estive com ele em Portugal, visitando os amigos, local onde ele trabalhava. Descobri que o cara, o moço que se intitulava eletricista simplesmente, tinha uma bagagem de 30 anos de trabalho. Iniciou como aprendiz de eletricista. Depois foi se aperfeiçoando, com a prática, com a determinação... No final das contas, eu posso hoje entender que, ele, trabalhando em uma empresa, comparando com o Brasil, estatal, era o responsável pela concretização de obras diversas na cidade do Porto, tanto no que toca a compra de material, discussão com os engenheiros sobre as plantas elaboradas, tanto no comando da mão-de-obra : linhas para metrô, pontes, jardins (praças, para nós).. e sei lá mais o que!!!!!!!!!!!!! Um homem que viajou bastante, a trabalho, dentro da Europa. Um homem com conhecimento bárbaro sobre história européia, sobre a política atual lá daquele lado. Ainda me é dificil aceitar, pois eu pensei ter ao meu lado um homem simples como eu, mas cá tenho ao lado um poço de conhecimentos... Eu sou um "pouco" alienada, desligada...

Nenhum comentário: