29 de ago de 2008

21 de junho de 2006

Terça-feira. Cedo, 5 e 30 da manhã, iniciamos nossa viagem. Seria uma longa viagem. Eles carregaram nossa mudança e, depois, chegaríamos em outra cidade para carregar outra mudança. Foi por aceitar este fato que conseguimos o frete mais em conta e a aceitação do mortorista da nossa presença. Aí! Foi um aperto danado. Pelo chega aqui, chega lá, foram mais de 3.000 quilômetros de lá até o sul. Chegamos dia 25 de junho, no meio da tarde... Contem os dias. E, dormir, qdo parávamos na madrugada, só entre tres e quatro horas por noite.

Nenhum comentário: