27 de nov de 2008

Bianca

Chegou hoje, depois de tres dias fora - dois viajando (ida e volta :Poa-Imperatriz, no Maranhão --- Imperatriz-Poa) e um dia visitando representante e clientes. Chegou assim, ó:falando alto, pelos cotovelos.. hahahaha... Primeira viajem de avião.. terra estranha, alimentação estranha - hotel cheio de mordomias - alimentação baseada em peixes, frutos do mar - representante querendo que ela comesse suschi - café no avião - tres horas esperando em Brasilia para pegar avião para casa - tempestade no caminho ...

Euforia pura, extasiada !!!!!!!!!!!!! Outra que descobre que viajar assim é bommmmmmmmm... Pena que tudo o que a mente do viajante registra, não tem como resgistrar no papel, ou desenhar.. Devia haver em nosso cérebro um cabo ligado a uma impressora, e, na hora, ir registrando no papel pensamentos e fotos...

Já sabes que por terra também é bom. Mesmo no aperto, no sufoco, a gente acaba conhecendo lugares incríveis....

Bi, se aqui chegares, faz favor: lê a postagem com o nome Hoje... hahaha

Vida III

Lá no Vida II tem algumas instruções importantes para o caso de... eu partir "antes de eu querer"!!!!!!!! Esqueci de registrar lá um trato muito importante que fizemos: minha comadre Ilda mais eu. Seguinte: não quero trietezas. Quero músicas. Ilda, Antônio, Anthony, Adilson, Gelcy... e mais quem quiser participar - violão, pandeiro, e outros instrumentso que não lembro o nome. Se eu partir antes da Ilda, ela vai animar a festa, e, há uma música especial que eu quero. Estou esperando que ela me envie a letra. As outras músicas, quero-as religiosas, aquelas que a gente cantava nas celebrações, encontros na Comunidade.
Bom, tem o outro lado do trato: se a Ilda partir primeiro, eu faço o discurso, e, vou dizer tudo sobre ela - a verdade, nada mais que a verdade... hahahaha
Problema seguinte: e se eu fôr antes, como fica o discurso? e se ela fôr antes, como fica a minha festa?

26 de nov de 2008

E agora?

Semana passada patrão avisou que aqui não estaria, embora houvesse amanhã uma audiência. O advogado ficou ciente... que o patrão teria que ser representado por outra pessoa.
Hoje ele, o advogado, liga e diz: "me faz uma procuração para fulano representar o patrão e pega a assinatura do patrão."
hã? cuma? patrão tá viajando....

Para distrair...

"Eu vi um gatinho... vi sim!"

Música IV

Lembram aquelas horas em que a gente dá um "brec" e fica estático? E olha prá o ontem e ele parece tão vazio... E olha para o amanhã e fica apavorado, pois se o ontem parece vazio e o amanhã é fruto do ontem... Existiram vários momentos destes na minha caminhada. E, em todos os "brecs" que fiz, esta música andava a fazer parte deles... Passei.. Passou... Mas ela continuará a fazer parte do arquivo. Isto é.. como o arquivo anda meio danificado pela idade, resolvi transcrevê-la... Não tenho nenhum CD dos Titãs. Aceito um.. hehehehe
Epitáfio - (Titãs)

Devia ter amado mais, ter chorado mais, ter visto o sol nascer

Devia ter arriscado mais e até errado mais, ter feito o que eu queria fazer...

Queria ter aceitado as pessoas como elas são

Cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração...

O acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído

O acaso vai me proteger enquanto eu andar distraido

Devia ter complicado menos, trabalhado menos, ter visto o sol se pôr

Devia ter me importado menos com problemas pequenos, ter morrido de amor

Queria ter aceitado a vida como ela é

A cada um cabe alegrias e a tristeza que vier..

O acaso vai me proteger....

Música III

Existe um dito popular que diz: "sempre há um sapato velho para um pé torto." A música abaixo me lembra momentos de solidão. Momentos em que eu me perguntava se realmente haveria um sapato para o meu pé... hehehe - Há sim. Encontrei sim. Mas, não é velho e até estou achando que meu pé não é tão torto!
Sapato Velho (Roupa Nova) Você lembra, lembra! daquele tempo Eu tinha estrela nos olhos, um jeito de herói Era mais forte e veloz que qualquer mocinho de cowboy... Você lembra, lembra! Eu costumava andar Bem mais de mil léguas prá poder buscar Flores-de-maio azuis e os seus cabelos enfeitar... Água da fonte cansei de beber prá não envelhecer Como quisesse roubar da manhã um lindo pôr-do-sol Hoje não colho mais as flores-de-maio Nem sou mais veloz como os heróis... É! Talvez eu seja simplesmente como um sapato velho Mas ainda sirvo se você quizer Basta você me calçar que eu aqueço o frio dos teus pés...

Ontem

Bom, eu disse que algumas coisas eu preciso fazer, para dar um toque belo à minha "viçosidade", já que, nem se eu passar fome vou conseguir eliminar o que seria necessário.... Já iniciei fazendo limpeza de pele. Ontem comecei a fazer bronzeamento artificial. Foi a primeira sessão. Claro, não teria como alguém perceber. Claro, aproveitei para pintar o cabelo, que desde julho eu não fazia isso... E, de quebra, aproveitamos para fazer um corte no cabelo. Cortar as pontas e deixar outras, para depois qdo estiverem no mesmo "nível", fazer um novo corte que não destaque muito o "viço" do meu rosto... Óh!!!!!!!! Magoei!!!! Cheguei em casa e o maridão nem notou! Foi preciso chamar a atenção do dito!!!!!!!!! Chego no trabalho, hoje... alguém viu? alguém notou? Tc, tc... mulher sofre! Só dizendo: olha aqui, ó!!!!!!!!!!!!!!!!!

25 de nov de 2008

Quase morro, morremos...

Infelizmente, graças ao meu bom Deus pela droga nossa de cada dia. A meu bom Javé, graças dou pela não presença da Lizete aqui hoje. Nem a droga nossa de cada dia teria dado a ela tranquilidade, calma...
Lá pelas tantas aparece aqui um, digo, uma oficial da Justiça Federal, ela tinha cara e jeito de "cigana má, cruel e caprichosa", querendo nos parar de trabalhar - queria levar os computadores, central de telefone, máquina de xerox, impressoras, engenhos... Foi buscar um caminhão para levar as coisas. Bom, copiar dados dos programas para o servidor, quer dizer, fazer um becape dos programas usados até esta hora era fácil... Mas, e as nossas planilhas, dados mil que estão nos nossos computadores? Decidimos que ela só poderia levar quatro... e ela não ia querer isso não... os outros, ela deveria levar depois... enquanto uns tentavam negociar com ela, outros falavam com o patrão, outros com os advogados, outros tentavam copiar as planilhas nas canetas copiadoras ou CDs... Melhor que acho que até agimos com calma!
Bom, conseguimos convecer o patrão a pagar a dívida - era menor do que o custo de parar de trabalhar e menor do que os dados existentes nas máquinas... hahahahaha
Ufa!!!!!!!!!!!!!!! Que susto! Eu até já andava procurando um sonho bem recheado de doce de leite ... para acabar com o pesadelo....
Daqui para a frente... será assim, acredito eu. Exigência de pagamento pelo susto, pela ameaça visivel, palpável de levarem tudo...
Como dizem: ajoelhou, tem que rezar!!!!!

Papéis.

Agora, abrindo um pequeno pacote de documentos que recebi, lembrei de um fato. Fato verídico. Verdadeiro... Talvez seu Paulo lembre os nomes das criaturas...
Na contabilidade trabalhou uma senhorita que, por não saber o que fazer ou como lançar alguns documentos, levava para casa... Prá descobrir como fazer? Não!!!!!!!!!!!! Para rasgar e botar fora... hahahaha
Trabalhou aqui, também uma jovem mui charmosa... Ora pois... Ela ficou dois ou tres dias na semana, em um verão, sem comparecer. Questionada, qdo retornou, fez questão de mostrar "as mamas", dizendo que não teria vindo trabalhar pq tinha estado exposta ao sol e tinha ficado com queimaduras... leves? Sei lá... eu não vi. Seu Paulo viu. Viu sim. Se perdoaram as faltas? Ora pois... quem sabe? Era jovem e mostrou as mamas. Seu Paulo sabe... hahahahah

Músicas II

Estas canções ou lembram algum momento meu de sentir-me perdida ou lembram alguma dor dos amigos de caminhada: "Tristeza, por favor vá embora Minha alma que chora Está vendo o meu fim... Fez do meu coração a sua moradia Já é demais o meu penar Quero voltar àquela vida de alegria Quero de novo cantar... " ( Jair Rodrigues) - ou é sambar? "Apesar das minhas roupas rasgadas Eu acredito que vá conseguir Uma carona que me leve pelos menos à cidade mais próxima Onde ninguém vai me olhar de frente Quando eu tocar na velha guitarra as canções que eu conheço... Eu tinha apenas dezessete anos No dia em que saí de casa E não fazem mais de quatro semana que eu estou na estrada Mas encontrei tantas pessoas tristes desaprendendo como conversar Que parece que eu estou carregando os pecados do mundo Que parece que eu estou carregando os pecados do mundo Que parece que eu estou carregando os pecados do mundo... (Sá e Guarabira) "Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu A gente estancou de repente ou foi o mundo então que cresceu... A gente quer ter voz ativa No nosso destino mandar Mas eis que chega a roda viva E carrega o destino prá lá...." (Chico Buarque)

Música

Voltando ao assunto sobre esquecer as músicas: ainda bem que tenho vários, diverso CDs gravados. Talvez não estejam lá gravadas todas as canções. Estas abaixo lembram os encontros com a turma - violão, alguém que soubesse cantar.. e nós outros todos fora do ritmo! "Vai barracão Pendurado no morro E pedindo socorro A cidade a seus pés... Vai barracão Tua voz eu escuto Não te esqueço um minuto Porque sei que tu és Barracão de zinco Tradição do meu país, Barracão de zinco Pobre e tão infeliz!" (Demônios da Garoa) "Ele nasceu no morro, não sabe nem em que data.. Até pensava que a lua Pendurada no céu, fosse um pandeiro de prata." (??) "O Arnesto nos convidô pum samba, ele mora no Brás, Nóis fumo e não encontremos ninguém.. Nóis vortemo cuma baita duma reiva Da outra veiz nóis num vai mais..." (Demônios da Garoa) "Não posso ficar Nem mais um minuto com você Sinto muito amor Mas não pode ser Moro em Jaçanã Se eu perder esse trem Que sai agora às onze horas Só amanhã de manhã... E além disso mulher Tem outra coisa Minha mãe não dorme Enquanto eu não chegar..." (Demônios da Garoa)

Queria... dominar!!!!

Pensei que alguém ia se juntar comigo, fazer parte do meu PQDINE. Acho que serei Cérebro, montando este programa e ao mesmo tempo serei o Pink, colocando tudo a perder sem mesmo nem ter começado a prática do PQDINE.
Vamos dominar o mundo? Venha comigo, seja parte do PQDINE.
O que é PQDINE? Ora bolas! Programa de Qualidade Da Imagem No Espelho!

Cada um no seu quadrado.

Cada coisa que descubro, tipo esta, me deixa de queixo caido... Não existem palavras para descrever a incredulidade.. "Cada um no seu quadrado." - eu ouvia repetirem esta frase e para não evidenciar a minha santa ignorancia, eu não perguntava nada.
Pensava que fosse algum ditado, tipo: "Cada macaco no seu galho."... Mas... é letra de uma canção! hahahaha
Sei lá o q chamar, pois é só este refrão: cada um no seu quadrado... se houver algum outro verso, não ouvi.. ainda!
Então, é por causa desta e outras que por aí estão, que eu fico com medo de esquecer as músicas que eu gosto de ouvir, ou que já tenha ouvido em alguma época da minha vida. Medo de esquecer? Claro, a força da mídia é tanta, que eu hoje atravessei a rua cantando: " De bar em bar, de mesa em mesa, vou bebendo cachaça, tomando cerveja..." Pode?

Hoje.

Hoje: que chatice! Nem a Lizete tá aqui prá gente brigar um pouquinho! Ainda bem que é dia de chegar documentação... se não... eu iria para casa. Lá tem tanta coisa para fazer!!!!!!!!!!!!!!!!!
Olho para os lados: Simone e Rosi conversando, rindo.. -que será que elas estão fazendo? Rejane está trabalhando no faturamento... A Marilaine tá concentrada na internet.. - que assunto será que está lendo? A Lizete não veio. A Bianca, que estará fazendo? Como terá sido sua primeira viagem de avião? Ela foi visitar nosso representante no Maranhão e alguns clientes. Foi com o patrão! hahahaha - ela pode ficar braba comigo, mas acabo de lembrar de uma musiquinha: ..."foi por medo de avião que pela primeira vez segurei na sua mão..." - é algo assim. ahahahah!!!!!!!!!!!!!!!

24 de nov de 2008

Navegar é preciso...

Não ria!!!!!! Não é assombração, nem o fantasma do casarão!!!!!!!!!!
Navegar é preciso... quer dizer, mudar é preciso.. hahahahaha ... Como eu já estava antevendo que como eu queria, na minha idade, emagrecer não seria tão fácil ou seria uma tênue linha existente entre o possível e o impossível, eu já havia iniciado algumas mudanças, para dar maior graça e uma notável beleza ao meu "ser viçoso, estar viçosa". Lembram que falei sobre a limpeza de pele? Ora, ora... foram dez sessões prazeirosas, em que minha cútis ficou sedosa, suave ao toque... Claro, né, preciso fazer "manutenção" de quinze em quinze dias, quem sabe... Melhor ainda: vou experimentar novos tipos de máscaras de beleza. Primeiro eu faço o teste. hehehe Depois vcs usam, ok? Foi o trato. Simoneeeeee vê se não foge do trato... hahahahaha
Olhem só, que gracinha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ainda sobre...

..religiosidade...
Existem coisas que a gente aprende, mas coloca em prática não com quem deveríamos... Vejam só: de tanto estudar, trocar idéias, procurar como e onde colocar em prática dentro da Comunidade a unidade formada por todos, isto é, praticar os ensinamentos de Jesus juntando forças - um só pode ser dobrado, quebrado, enquanto que, vários, unidos pelo mesmo querer, movem montanhas, transformam situações... pois, é fácilimo hoje prá mim, em vez de plantar flor por flor que tenham germinado no "berço" como chamo, acabar plantando de duas em duas n0 mesmo local, para que uma dê força para a outra... é.. eu não sou normal!
Existem cantos que ficam gravados, e, hoje funcionam como uma oração:
-"Senhor, que queres que eu faça? Senhor, que queres de mim? Mostra-me os teus caminhos. Senhor, que queres de mim? - Eu quero tuas mãos se abrindo..."
-"Que a familia comece e termine sabendo onde vai. E que o homem carregue nos ombros a graça de um pai. Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor. E que os filhos conheçam a força que brota do amor. Abençoa, Senhor, as familias. Amém. Abençoa, Senhor, a minha também..."
-"Meu espírito está, meu espírito está... em sintonia com o Pai..." -

Ser ou não ser...

Sexta-feira, qdo cheguei para a minha consulta mensal, uma moça estranha abre a porta... Devo ter expressado um ponto de interrogação visível, e devo ter mostrado um leve desagrado, uma leve desconfiança por não encontrar a Margô. Devia estar escrito na minha cara que eu estava pensando estar entrando no lugar errado... hahahaha...
Coitada! Ela nem se apresentou. Perguntou o que eu desejava... hehehe
A doutora estava atendendo. E a moça foi logo iniciando conversa.
Há um ano estou consultando com a doutora Diana. A Margô falava sobre o tempo e algumas coisas leves. Nunca falou sobre sua vida, sua familia. Eu nunca soube nada sobre ela, assim como ela nada ficou sabendo sobre euzinha... Em certos momentos, o silêncio reinava. E, eu não estranhava. Sempre preferi conversar com meus botões ou ficar perdida entre mil e um pensamentos. Sempre considerei a Margô uma mulher bonita, bem vestida, elegante, centrada, discreta, correta.
A nova moça não. Depois eu fiquei sabendo que seu nome é Sandra. Já foi logo contando que moram sós, ela e a mãe. A mãe é aposentada, tem 67 anos e ela tem 42 anos. Compraram um apartamento do PAR, pois pagavam aluguel. Ela adora animais. Tanto que vai fazer vestibular para Veterinária. Tem, dentro do apto uma cachorrinha, um aquário com alguns peixes. Cada peixe tem um nome. Contou diversas histórias sobre os peixes, como conhecê-los, quais podem ser colocados no mesmo aquário sem que haver brigas entre eles. Contou como conversam com os peixes e a cachorra como se estivessem falando com gente como a gente...
E eu cá analisando: ora vejam o que a solidão faz com as pessoas ou o que a carência pode produzir, ou ... essa mulher é louca... fala pelos poros...
Já estava a considerá-la anormal. hahaha
Depois, ao entrar no consultório, fiquei sabendo que a Margô teve um surto de depressão. Que seu silêncio, a distância que colocava entre as pessoas e ela, sua centralidade... eram sinais de depressão...
Ó céus, ó vida... Margô para mim era normal. A Sandra não é normal. Mas, afinal, o que é ser normal? Quem é normal?
Ser ou não ser.. normal? A Margô é normal. A Sandra é normal... Como dizem - Cada um no seu quadrado. Só que os quadrados deveriam se encaixar, para a gente partilhar a normalidade nossa com o outro... hahahahahaha....

Controle de Qualidade.

Fala-se tanto em controle de qualidade, em programa de controle de qualidade..
Acabo de criar, na sexta-feira que passou, o PQDINE. Programa de Qualidade da Imagem No Espelho.
Sexta-feira, passamos uma hora conversando, a doutora Diana mais eu, sobre idade, hormônios, emagrecer, engordar, causas, consequências, facilidades, dificuldades..
Antes desta consulta, eu já estava com algumas certezas e.. levemente decepcionada, amargurada, tristinha.. hahahaha. Após a consulta, saí com novas determinações mas mesmo assim, ainda tristinha... buáaaaaaaaaa
Para me compensar, e, para dar inicio a uma nova determinação, resolvi me dar alguns presentes... Olha, garotas, eu só tive tempo de chegar em duas lojas que eu sabia que iria encontrar algo tamanho maior. Criei o PQDINE e acabei por reprovar os espelhos dos provadores da C & A e das Lojas Renner. Foram as primeiras. Deu-me vontade de quebrá-los, mas, aí comecei a fazer as contas - dizem que quebrar espelho são sete anos de azar. Na C & A, são tres vezes sete, mais tres vezes sete na Renner... Eu não poderia ser condenada a 42 anos de azar nesta vida.. Não daria para recomeçar a vida ainda neste mundo, nesta estrada.. Foi só por isso... Se não, teria quebrado todos os espelhos ! !! Vão lá fazer o teste e comecem a aderir ao meu PQDINE, e vamos lutar pela existência de espelhos que não nos mostre cada "pingo dos is"... grrrrrrrrrrrrrr!!!!!!!!!!! buáaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!

20 de nov de 2008

Para o João.

BALADA PARA UM LOUCO (Moacir Franco)
Num dia desses ou, numa noite dessas
você sai pela sua rua ou, pela sua cidade ou,
ou, sei lá, pela sua vida, quando de repente,
por detrás de uma árvore, apareço eu!!!!!!!!
Mescla rara de penúltimo mendigo
e primeiro astronauta a pôr os pés em Vênus.
Meia melancia na cabeça, uma grossa meia sola em cada pé,
as flores da camisa desenhadas na própria pele
e uma bandeirinha de táxi livre em cada mão.
Ah! ah! ah! Você ri.. você ri pq só agora você me viu.
Mas eu flerto com os manequins,
o semáforo da esquina me abre tres luzes celestes.
E as rosas da florista estão apaixonadas por mim, juro,
vem, vem, vamos passear. E assim dançando, quase voando
eu te ofereço uma bandeirinha e te digo:
Já sei que já não sou, passei, passou.
A lua nos espera nessa rua é só tentar.
E um coro de astronautas, de anjos e crianças
bailando ao meu redor, te chama:
vem voar.
Já sei que já não sou, passei, passou.
Eu venho das calçadas que o tempo não guardou.
E vendo-te tão triste, te pergunto: O que te falta?
...talvez chegar ao sol, pois eu te levarei.
ah! ah! ah!
Louco, louco, louco! Foi o que me disseram
quando disse que te amei.
Mas naveguei as águas puras dos teus olhos
e com versos tão antigos, eu quebrei teu coração.
Ah! ah! ah!
Louco, louco, louco, louco, louco! Como um acróbata demente saltarei
dentro do abismo do teu beijo até sentir
que enlouqueci teu coração, e de tão livre, chorarei.
Vem voar comigo querida minha,
entra na minha ilusão super-esporte,
vamos correr pelos telhados com uma andorinha no motor.
Ah! ah! ah!
Do Vietnã nos aplaudem: Viva! viva os loucos que inventaram o amor!
E um anjo, o soldado e uma criança repetem a ciranda
que eu já esqueci...
Vem, eu te ofereço a multidão, rostos brilhando, sorrisos brincando.
Quem sou eu? sei lá, um... um tonto, um santo, ou um canto a meia voz.
Já sei que já não sou, nem sei quem sou.
Abraça essa ternura de louco que há em mim.
Derrete com teu beijo a pena de viver.
Angústias, nunca mais!!!!!!! Voar, enfim, voaaaarrr!!!!
Ama-me como eu sou, passei, passou.
Sepulta os teus amores vamos fugir, buscar,
numa corrida louca o instante que passou,
em busca do que foi, voar, enfim, voaaaarrr!!!
Ah! ah! ah! ah!...
Viva! Viva os loucos!!!!!!! Viva! Viva os loucos que inventaram o amor!
Viva! viva! viva!

Já vi sim...

Patrão tá meio doido. Procurando acertar seus erros em lugares q não tem nada a ver...
Inventou que um funcionário tem que se aposentar agora. Ele se aposentando, patrão talvez queira mantê-lo sem ter que pagar os devidos impostos...
Coitado do sujeito: 30 anos de trabalho pesado, trabalhando muitas vezes doente... Hoje, também é um sujeito colunável, para não dizer quase "imprestável" para o trabalho... Cansado, abatido...
Este filme eu já vi... vi sim... e estou vendo de novo, no Chico e em outra pessoa, que me recuso a dizer quem...
Bem-feito! A criatura trabalha, trabalha... não cuida de si, de sua saúde... e nem medalha de bronze recebe! hahahahahahaha
"S.O.S... me tirem daqui, me chamem mamãe que eu quero fugir!"

19 de nov de 2008

Assim não dá!!!!!!!

Já estou me sentindo um pouco melhor.. diclofenaco potássico... e, trabalhei 50 minutos e parei 10 - nestes dez, fazendo uma pequena caminhada dentro do escritório!
Hoje tenho que chegar em casa e atar os tomateiros, para eles não darem frutos no chão. Assim não dá: lá em casa tem alface, tomate, pepinos, berigelas, couve, repolho, pimentão.. E é tudo para eu comer! O João "adora" uns verdinhos! hahaha Vou virar vegetariana! argh!!!!!!!!!!!
Outro assim não dá: cheguei em casa ontem e o João tinha contruido uma linda prateleira na garagem - mas sabem para q? Para ali eu guardar minhas coisas de jardinagens, para mim não misturar meu material com o dele... hehehe... logo agora que eu já estava tomando conta da bancada de serviço dele!!!!!!!

Passei aqui...

Passei aqui só para avisar que estou cantando: "dói aqui e dói ali.. dói em tudo que é lugar..." - coluna, tendinite, bursite, gastrite, renite, sinusite... Como digo: é problema de junta. Junta tudo e joga fora!!!!!!!!

18 de nov de 2008

Análise III

Coitado do meu analista.. se ele ou ela existisse!!!!!!!!! Estaria chutando meu traseiro!!!!!!

Pecados.. II

Há ainda algo que não consigo esquecer, como meu pecado maior.
No inicio das CEBs, batalhava-se muito sobre todos terem um trabalho a fazerem, seguindo os passos de Jesus.
Então lá estou eu: cursos, encontros, palestras, viagens para cá e para lá. Aprendendo aqui e ali e depois ensinando e/ou colocando em prática na Comunidade. E, nas mãos de Deus deixei a tarefa que seria minha: cuidar da minha familia.
Quando a Raquel entrou na adolescencia, passou por uma fase horrível...
Parei, pensei: deixei tudo nas mãos de Deus. E, isto está acontecendo... pq??? Simples: se Deus me deu mãos e pés, todos os sentidos, cérebro... eu deveria ter usado tudo isso para seguir seus mandamentos, seguir os ensinamentos de Jesus, e dentro disso, em primeiro lugar eu deveria ter cuidado da minha familia... é ou não é?
Por vezes colocamos a culpa no Criador, Ser Supremo, Javé, Jeová... mas nós é que não sabemos usar os recursos que Ele nos dotou.

Pecados...

Ora bolas... a Igreja é uma reunião de humanos, dirijidas por humanos, portanto, sujeita a chuvas e trovoadas...
Chegou um momento em que eu mesma "me expulsei" da Comunidade. Saí fora. Deixei de participar. Devolvi meu ministério. Fugi... Cansei de reclamar das toalhas do Altar da Comunidade serem colocadas sem passar, todas com as marcas das dobras..
Cansei de ser ponte entre todos e de não ter onde "ancorar" no final do dia. Cansei de dormir sozinha, de não ter com quem partilhar meu dia, de não ter em quem me aconchegar à noite, de não ter simplesmente uma presença ao meu lado.
Cansei de falar sobre os malefícios das drogas e ser eu uma usuária - eu fumava e tomava remédio para desestressar.
Cansei de falar em "ir ao encontro" de toda e qualquer pessoa, cansei de perguntar com quem Jesus, o Cristo, andava, conversava, convivia... e eu não visitava algumas pessoas pq me causavam enjôo pela sujeira... Pior: pânico de ver pessoas doentes, sofrendo. Seu Ivo ficou doente, e partiu, e eu não fui visitá-lo. Eu não gostava muito de uma senhora da comunidade. Mas, ela morreu no hospital, com depressão. Eu não fui visitá-la. Eu adorava a dona Natália e o seu João - a gente, nos almoços ou jantares da Comunidade, comia sempre a sobremesa primeiro. Seu João ficou doente e partiu. Eu não fui visitá-lo...
Ministra da Eucaristia? Ministra da Palavra? Tá doida... assim não dava mesmo...
E, mais: confesso aqui - sempre acreditei que Maria era muito jovem por isso a chamavam de virgem, ou Maria era do signo de virgem, por isso a referencia - Maria, a virgem...
Em alguns momentos, tenho a crença de que Jesus era de um outro mundo, ou do futuro, ou simplesmente um extra-terrestre. Mas, nada nas minhas estranhas crenças que me fizesse desacreditar nas suas palavras, no recado que nos deixou...
Pior: Deus ou Deusa? Ora pois... quem escreveu a história que está no Livro sagrado, foram homens...
E mais: pq padre não pode casar? Ora, foram eles mesmo que fizeram esta lei absurda. Depois andam às escondidas namorando, gerando filhos sem pai, ou abusando de jovens e adolescentes.

Esperança.

Qualquer dia eu volto sobre o assunto anterior: quem disse que...
Há uma ligação entre os dois. Espero conseguir fazer.
Lembrei hoje, que preciso ir ao "shopim-center-chão" ou ao camelódromo, ou aos ciganos, como diz o João. Quero comprar alguns enfeites de Natal para dentro de casa e para o jardim. Luzes, cores, vida.
Pensando nisso, revivo meu tempo de trabalho na CEB Sta Clara - agora, nesta época, é tempo de estudar o tema referente ao Advento. Estuda-se nos grandes grupos da Paróquia, para depois se aplicar na Comunidade. Antigamente era assim. Advento. Para mim, um tempo muito bonito, tempo para preparar a chegada de alguém muito especial. Ou melhor, tempo para reabrir as portas e deixar Ele chegar novamente, pois q Ele já está entre nós. Advento-tempo de viver o significado da Esperança, de colocar em prática a alegria da espera... e de não esquecer que esta espera pelo Novo já se realizou, portanto, colocar em prática a alegria da espera e viver a alegria de saber que Ele está em nós, que nós somos Ele.
Advento - são quatro semanas antes do Natal. Em cada semana, destacando uma cor na Comunidade, vivendo um valor que nos deve guiar, gerando um compromisso com o Todo. E, a Comunidade fica colorida: azul, vermelho, verde, amarelo.. e no Natal, branco. Já não lembro o significado de cada cor.
Pena que o sentido real da festa ainda é não cristã. Bolas, pq Celebrar a Esperança qdo os valores estão nos presentes, no comer e beber?
Lembro: eu gostava do Advento. Eu não gostava do Natal. Nunca foi uma festa em comum unidade... um dia será?
Mas, aproveito aqui para lembrar com carinho todas as pessoas que me acolheram na Comunidade, todas pessoas que me ensinaram a viver a Liturgia de cada semana, todas as pessoas que, enquanto acreditaram, lutaram durante a semana, para no final dela, Celebrar meditando a Palavra, e, em cima dela, arrecadar forças para mais uma semana e celebraram também com orações, com cantos, com danças... Obrigada dona Maria, seu Ivo, Terezinha, seu João, dona Natália, Ilda, Jurema, Breno, tia Neusa, Sadi, Percilia, Geraldo.. e tantas mais que não lembro o nome, só a fisionomia - coisas de idade.. hahahaha

17 de nov de 2008

Quem disse que pobre..

Quem disse que pobre não gosta de coisas, objetos bonitos, casa limpa, roupa limpa, móveis inteiros, toalhas coloridas, flores, limpeza? Ora, pobreza não é sinônimo de sujeira. Se em alguns lugares é sinônimo, temos que fazer uma análise do lugar e dos porqs...
Escrevo isto por causa das Comunidades Eclesiais de Base... ou as CEBs.. Sou cristã - Católica , Apostólica ... Fui batizada, fiz a Primeira Eucaristia, reafirmei meus votos cristãos com o Crisma.. Um corte aqui: a foto da minha Primeira Eucaristia é de doer!!!!!! Está de uma feiúra incrível - a vela está em posição errada, cortando o meu rosto... buáaaaaaaaa Frequentei a catequese na época em que o nosso Pároco tinha por nome Roberto - Padre Roberto. Um dia levei uma bronca dele que numca mais esqueci - eu estava escrevendo o nome de nossa Paróquia. Ele olhou e perguntou: este nome é diminutivo ou é o nome dela? Se é o nome dela, não é com z e sim com s... Se é vero ou não, nunca mais questionei - e até hoje escrevo, se precisar - Paróquia de Santa Teresinha - CEB Santa Teresinha... E eu ia lá questionar:? E eu vou hoje questionar? Ele sempre foi brabo, com fama de mau... e ainda hoje, apesar da idade, de ele estar aposentado, prefiro ficar longe... Participei do Grupo de Jovens. Uma das nossas tarefas, junto com as "normalistas" da Escola Normal, era ir nas casas e buscar as crianças para participartem da Missa e depois devolver as crianças.. Sei lá pq.. diziam que era para os pequenos de acostumarem.. mas, o Padre Roberto semmpre chamava a atenção deles.. tadinhos, não podiam dizer uma palavrinha... hehehe e, imaginem criança qdo não tem mais paciência - a toda hora querem água, ou ir ao banheiro... Depois, qdo comecei a trabalhar, afastei-me. Lá onde eu trabalhava, era a Igreja Evangélica Luterana. Eu era professora.. Aos dezoitos aninhos... hehehe... E, a convite da familia onde eu morava e dos meus alunos, frequentei a Igreja lá. Diferenças? só na não existência de imagens, do Sinal da Cruz, do rítmo dos cânticos, da não veneração a Maria, do final da oração do Pai-Nosso.. Fez-me bem. Eu estava longe da familia. Eu só vinha um fim-de-semana por mês para casa... Bom, pelo que entendo, vou ter que postar mais de uma vez sobre o mesmo assunto. Pois iniciei algo que me levou para outro caminho... como sempre... hehehe Lá eu encontrei um namorado. Professor também. Mas, de repente, manifestou-se nele a doença de chagas. Foi rápido. Ele partiu. E, depois de um ano, como não quiseram me dar transferencia para mais perto de casa, pedi demissão... Vim embora prá cidade! Comecei a estudar de novo. Contabilidade. Procurei um trabalho dentro desta área. Aqui, onde estou hahahaha!! Não voltei a frequentar minha Igreja. Preferi ir a festas, e, foi onde encontrei um novo namorado... E, foi qdo a Raquel foi gerada. Foi com amor. Pelo menos da minha parte. Mãe solteira, sim senhor... O cara era medroso. Meu pai queria ir atrás, e cobrar uma atitude dele. Preferi que não. Não gosto de coisas "por livre e expontânea pressão". Se sofri ou se chorei? Não foi pouco. Mas eu tinha muitos amigos que me ajudaram. Passa a régua, vai.. apaga.. se não vamos começar a analisar este fato e eu vou me perder da intenção. A Raquel nasceu em 1979, agosto. Em dezembro foi batizada. Ou foi antes? Em 1980 surgiram as CEBs, Comunidades Eclesiais de Base. Uma, a de Santa Clara, iniciou em uma garagem, bem em frente a nossa casa. Bem... sou fruto da Teologia da Libertação. Algumas coisas contra, mas nada que me fizesse desacreditar no Ser Supremo, no Criador, em Deus, Jeová, Javé... Ufa! Cansei!!!!!!!!!!!

13 de nov de 2008

Feito em casa VII

Feito em casa VI

Uso de um fogão a lenha que ia ser jogado fora. Em cima dele um estilo de suporte para televisão, com madeira e pés de um outro fogão a lenha. Estantes feitas de madeira, ligadas entre si e presas no teto por correntes....

Feito em casa V

É um roupeiro que ocupa toda uma parede.
Disse o João que nele caberia tudo o que eu quissesse. Só não que ele não me conhece: caberia mais se ele fizesse mais um!!!!!!!!! Olha, cortar as tábuas, levar para o quarto, montar as peças no chão.. foi fácil, facílimo! Pior foi levantar o bixo e colocar no lugar!!!!!!!!!!!

Feito em casa IV

Ainda vou continuar no feito em casa. Preciso deixar registrado estas coisas bonitas. E, preciso não esquecer que sem minha assistência técnica - " do alcança isto, segura lá.. não, não é aí.. é lá..", nada disto estaria no ar!!!!!!!!!!!!!!!

Só não vale olhar em cima do móvel - hahaha

Feito em casa IV

Ainda vou continuar no feito em casa. Preciso deixar registrado estas coisas bonitas. E, preciso não esquecer que sem minha assistência "tén

Piruças.

O Piruças é filho do Tareco e da Cigana. É um citareco, hahahaha.. Ele não gosta de posar para fotos. É o mais carinhoso dentre eles. Só que ele pensa que é pequeno e quer colo também. Adora dar umas lambidelas, e, qdo a gente está sentado no sofá, ele adora se sentar ao lado e se atirar em cima da gente... É carinhoso. Mas, é invocado que nem o pai dele. É que nem a dona dele: adora andar a procura de algo para mordiscar. Não importa a hora. Pior: adora comer as minhas flores! Não posso deixar nada ao alcance dele. Aquelas folhagem que chamam de Espada de São Jorge, ele é apaixonado por elas. E as flores Copo-de-leite... já sumiram todas!

Cigana.

Esta é a Cigana. A almofada onde ela está é motivo de discórdia entre eles - é uma das almofadas feita especialmente para eles. Só que esta fica perto do computador. E, qdo o João está ali, todos eles disputam a almofada para ficarem perto do João. A Cigana é muito dengosa. Por vezes eu a chamo de Penélope Charmosa. Ela dificilmente aceita o alimento que eu ofereço. Tem que ser o João! E, se ela estiver perto do João, ninguém chega ali... Possessiva, a bixinha! Qualquer dia, se ela começar a aplicar esta regra a minha pessoa e eu não puder me aproximar do João qdo ela estiver por perto, vou ter que contra atacar: vou lhe dar umas boas mordidas e latir mais alto! hahahahahahahahahaa

Cuidado, viralata invocado!

Este é o famoso Tareco. Um viralata invocado! Bom, dizem que todo baixinho é bom de briga! Ele não conhece ninguém que esteja do lado de fora do portão! E, qdo alguém entra, só após análises feitas é que ele admite a pessoa na nossa residência! Principalmente se a pessoa se dispor a lhe dar colo! hahahahahahahahaha Olha bem para as orelhas dele: não lembram aqueles bixinhos do filme, que se multiplicavam com a água, os Gremilis (qualquer coisa assim)? Já pensou se este baixinho invocado começar a se multiplicar assim?

12 de nov de 2008

Ameaças..

Tive que parar um pouco meu trabalho para deixar aqui registrado: a Lizete diz que vai colocar veneno nos meus papéis, pois tenho costume de qdo mexo neles, molhar o dedo na boca.. Isto só pq eu (?) fiz as meninas refazerem um trabalho desde junho.. Uai! Elas tem que ficar contentes! Foi a partir de junho deste ano! Imagina se tivesse que ser a partir de 2007? E, como a Rosi e Simone ficaram envolvidas nisto também, elas estão dando amém para a Lizete! Buáaa!
Pedi o testemunho da Marilaine, mas ela diz que só fala conosco qdo estivermos com a cabeça fria! Pior, outra ameaça: ameaçou de jogar a água que sai do aparelho de ventilação!!!! Olha, minha gente... ameaçaram até trazer o Tareco para ele me dar umas mordidas! Eu, hem? Logo o Tareco que adora ficar no meu colo? Vcs é que serão mordidas! hahahaha E, pior, ele vai fazer vacina contra a raiva só na semana que vem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Feito em casa.

Tem mais. Tenho que encontrar as fotos.. Voltarei!!!!!!!!!!

Feito em casa III