11 de nov de 2008

Errei, erramos..

Errei, erramos.. dá para consertar? ou é preferível um concerto depois de tudo? Quando o João disse que viria embora para o Brasil, chegamos a conclusão que o melhor era alugar um apartamento para nós. Morar com o pai e a mãe, não daria certo. Bom, dinheiro eu não tinha para comprar móveis. Porém o João ia trazer o valor da rescisão dele. Minha mãe avisou: deixa para fazer isto qdo ele chegar.. Mas, eu pensei que ela estava a dizer isto por medo de que nada desse certo. Por isso e por pensar ser o João um europeu acostumado com bons e confortáveis móveis, montei o apartamento, com tudo o necessário, usando o dinheiro dele. E, qdo ele chegou, mais algumas compras: máquina para lavar aquilo, máquina de lavar aquele outro, máquina de fazer isto, máquina de fazer aquilo, e, ferramentas mil, assim como ele tinha lá. Erro primeiro - gastar sem antes a gente se comunicar e ver o que seria melhor mesmo - mobiliar uma casa ou comprar uma casa. Erro segundo: descobri que ele, assim como, gostamos de coisas "feitas em casa".. e lá se foram os móveis comprados, substituidos pelos feito em casa... e todos os substituidos foram, praticamente doados... Errei, erramos... falta de visão... Não faz mal. Hoje a casa tem os "nossos" móveis... ainda faltando alguns detalhes...

Nenhum comentário: