30 de jul de 2008

Ausência.

Não reclama. Como sempre, deixo a história no meio do caminho! Estivemos de férias! Uns dias visitando a filhota, em Curitiba. Passeios, visitas, jantares, almoços. Também trabalho. Trabalho para o João, claro. Eles acabaram de comprar seu apartamento e o João fez alguns consertos elétricos, além de instalar os presentes que levamos. Vou colocar fotos dos presentes. Descansamos bastante. Mas... nós ficamos um pouco mais espaçosos, melhor dizendo, viçosos... hahahaha Fico com pena de deixar a filhota lá tão longe. Olho para ela e ainda vejo o meu bebê, precisando de colinho... Mas, enquanto eu estiver trabalhando, melhor ficar por aqui. Afinal, ainda vou me aposentar, viajar...

9 de jul de 2008

Sem ordem, na desordem.

João ficou em Portugal, pois não tinha contrato de trabalho aqui, nem seu divórcio estava liberado. E, como turista ele já tinha ficado seis meses no ano de 2005. Como turista, só em 2006, ou antes, através de trabalho, ou casamento. Este é o outro lado da nossa história, que, aos poucos, sem ordem de acontecimentos, de acordo com a desordem do meu teclado, irei contando. Raios, entre outubro,novembro e dezembro, procurei um trabalho, nem que fosse um falso contrato de trabalho, para trazê-lo dentro da Lei. Porém, não encontrei ninguém que, dentro da Lei, pudesse oferecer ao João salário compativel com o que recebia em Portugal. E, se assim não fôsse, com salário compatível e/ou maior, com vantagem de casa, plano de saúde, o setor d Imigração não aceitaria... "E aí, meu bom José, pq foi se apaixonar pela Maria..." Existem leis que foram feitas para cumprir mesmo. Com0 esta lei sobre estrangeiros. Não tem buraco, nem fio solto... Foram tres meses sofridos. É a lei sobre estrangeiros e a lei da pensão alimenticia que foram feitas para se cumprir... As outras, ????, são só para gerar reportagens sensacionais e "dar pontos" para a midia...

8 de jul de 2008

Doce droga ou droga doce?

Cá estou eu, tentando voltar as roupas que "encolheram" dentro do roupeiro! hahahaha
Tentei sozinha, passando fome. Mas precisei de ajuda. Alguma coisinha assim para não me deixar ficar de mau-humor. Muitos dias eu levo à sério. Outros, fico com pena do João que adora um bom e tradicional prato de fritas, ou feijoada, ou macarronada... e, por "pena" dele, hhehehe, eu acompanho. Pitza, pastel... Noutros dias, há no ar um "sabor" doce irresistível: chocolate, bala, bolo... E, lá vou eu. Pela estrada afora, fechando a boca... ou de boca cheia.
Tudo que eu amo é imoral e engorda! Por vezes, há que se pensar que não fomos e nem somos ensinadas a nos amar em primeiro lugar. Quem se ama, quer seja em curvas ou recheadinha ou nada de frente e de costas, se encontra, se aceita, se modifica... sem traumas, sem choques, sem lágrimas, com doces ou com capim... aíiiiiiiiiiiiii

4 de jul de 2008

Regime..(29/04/08)

MAU HUMOR..Doutora Mara: o caso é sério! Barriguinha vazia gera um mau humor danado! Além de mau humor, uma soneira danada! Uma vontade danada de dormir e acordar só qdo os quilos extras estiverem bem longe! ´Falando sério, acho que para aguentar a barra preciso de uma fluoxetinas! hahahahahaha

Um dia eu volto... (29/04/08)

"MINHA TERRA TEM PALMEIRAS ONDE CANTA O SABIÁ. OS PÁSSAROS QUE AQUI GORJEIAM NÃO GORJEIAM COMO LÁ." - MESMO ASSIM, AINDA VOLTO A PORTUGAL. VOLTO SIM.

Resultado? (29/04/08)

RESULTADO? Aqui estou eu. Nesta foto ainda na forma arredondada, mas não tão arredondada. A partir daqui, realmente, tornei-me quase a rainha dos leitões! hahahahaha .... Bolas, tudo que gosto é imoral e engorda!

Familia Portuguesa (29/04/08)

FAMILIA Comer, comer... Algumas poucas fotos da minha familia portuguesa. Querem ver mais? Façam-me uma visita!

Amigos (29/04/08)

ENCONTRO COM AMIGOS.. Olha, minha gente, lá na terra do João tivemos pouco tempo para visitar seus amigos e pouco tempo para eu conhecê-los. Mas, os que encontrei, os que conheci, amei! Gente simples. Gente como a gente - trocando idéias, conhecimentos... imagina como? Claro, ao redor de uma bela mesa. Aqui a homenagem aos amigos lá do outro lado do Oceano Atlântico. Vejam as fotos. Só não entendo como essa gente não acumula umas gordurinhas... hehehehehe

Mochileiros..-08/04/08

. "Caminhando pela estrada, deixo poeira e rastro pelo chão. Sol a pino ou madrugadas, eu sigo sempre o meu coração!" Adoro esta canção, é portuguesa. Só não lembro de quem é. Escutem essa: Hahahahaha ! Carreguei duas malas com roupas e calçados para todas ocasiões. Mas, vejam só: pé na estrada e só uma mochila... Era calor. Lavava à noite para pôr no dia seguinte!

De boca aberta!-18/04/08

Coisas de quem fica abobado... Lá em Portugal eu estava abobada, pois amo a história, nada me dá mais prazer que encontrar coisas e lugares que tenham história para contar. Ainda mais a nossa história. Lá, encontrei a história nossa anterior aos nossos quinhentos anos de vida. Maravilhas. Encantos. No meio de encantos, tropecei! hahaha! Visitando um lindo jardim em Castelo Branco, onde tem uma escadaria com estátuas de todos reis e rainhas, a maioria tão conhecidos nossos através dos nossos livros! Fiquei maravilhada! A beleza do jardim era tanta, que peguei o celular e liguei para a minha filha. E comecei a descrever, as cores, formas, flores, cantos, encantos, estátuas... e lá no fundo uma vozinha que dizia: ".. mãe, são sete horas da manhã!" - hahahaha

Mãe Maria

18/04/2008 Sogras... Meu genro que vive dizendo que sou a melhor sogra do mundo: moro longe! hahaha Só não gosta qdo digo que vou mudar meu nome para Esperança! Marvado o cara! Mas, medo eu tinha de conhecer minha sogra. Sabe como é: nós criamos nossas filhas para seguirem o caminho - renovar, criar, recriar, povoar e, criamos nossos filhos para serem o eterno namorado das mães.... Por isso, lá eu estava com medo que a mãe portuguesa me tomasse o João de volta! Mas, embora ela tivesse vontade, deve ter visto e sentido que de minha parte não havia más intenções e que eu iria tratar muito bem o seu João José! Ela foi de um encanto tamanho, que tomei a liberdade de chamá-la de mãe. E, ainda hoje chamo. Tenho uma mãe brasileira e uma mãe portuguesa. Porém nada me faria daqui sair e deixar minha mãezinha que amo de paixão e meu pai que amo demais! Fico com pena da minha mãe portuguesa por me dar a entender ser muito carente, com uma necessidade enorme de ter alguém por perto! Olha, aqui em nossa cidade temos nossos doces como simbolos, por isso hoje a fama da Fenadoce. São doces que para levarem o nosso nome, quem os faz tem que ter um certificado de qualidade. Lá em Castelo Branco existe um bordado que é o símbolo da cidade. Todo mundo sabe bordar. Mas, para serem legítimos bordados de Castelo Branco têm que ter certidicado - quem os faz para divulgar o nome da cidade e de Portugal tem que ter cursos, etc e tal... que nem nossos doces... A minha mãe portuguesa é uma especialista neste bordado. Bordado que é um encanto! Claro né, eu carreguei um quadro comigo ..... Viu? eu só tive elogios para minha sogra! será que é por ela estar longe? Cansei de tanto escrever!...

Que te faz feliz?

15/04/2008 Tres anos... João, vou me agarrar na propaganda aquela: " O que é que faz vc feliz?" Sei que aqui é diferente, que a vida que levas é diferente aqui. Quero te ver feliz, te fazer feliz. Mas, se em algum momento esta diferença de estilo de vida te for insuportável, deixo a porta aberta... Sei lá, acho que os europeus são muito machões, ou ainda sob a era do patriarcado, pois é muito dificil arrancar de ti coisas lá do fundo da tua alma, do teu ser. Por vezes eu insisto, insisto... até tu ficares cansado... aí tu me respondes. Me faz feliz teu abraço, tua proteção, teus cuidados... o que é que te faz feliz? Nestes tres anos aprendi muito sobre o João e quero aprender mais, para poder unir tuas necessidades às minhas. João, o que é q te faz feliz:????????? Minha gente, por vezes eu entro em pânico - não sabia como era dividir idéias, sonhos, sabores, responsabilidades....

Rir?

15/04/2008 - Para rir... ou chorar? Dizem as más linguas... que um funcionário recusou-se a fazer certo trabalho, a pedido do patrão. Foi cobrado pelo gerente referente ao fato. O gerente mandou dar uma carta de advertência. Entre os motivos da carta "reza": funcionário acusou gerente de ser da mesma laia do patrão!

Curando a dor

15/04/2008 16:42 - Curando a dor Raquel: já fizestes esta parte - entrar em contato com teus anjos e pedir ajuda para amenizar e sanar a dor, pedir ajuda para encontrar o caminho que leve as realizações do ano. Eles já devem estar tentando entrar em contato contigo. Abra a porta, as janelas. Sorria. Ponha cores alegres nos pensamentos e, então, ouvirás e verás teus anjos chegando. Claro, não vou ensinar o padre a rezar missa. Pois sabes bem que eles chegam através de todos os seres vivos que nos cercam. Receita da mamãe: uma caixa de bombom, ou uma caixa de docinhos da Fenadoce. Um pote de sorvete. Depois, uma bela caminhada no parque... Não deixe a dor tomar conta, não sintas vergonha destes momentos. Bolas... problema é que a gente tem que ter sempre força... arre!

Dói!

15/04/2008 Dói!!!!!! Raquelzinha, Raquelzinha, filhota amada! Passei a noite de sábado para domingo com uma dor muito grande no peito. Dor por não poder te ajudar, dor por não estar perto de ti, dor por não ter tido a visão do futuro e então ter impedido o fato de acontecer. Dor por saber que estavas sofrendo... A verdade é que hoje estás perdida, por ter escrito e desenhado um ano cheio de realizações dentro da tua área, sabendo que mesmo sendo só um ano, farias tu a diferença na Educação. Mas, pensa bem: talvez tenha sido um ano antes do que deveria acontecer a tua entrada nesta nova área. Sofrestes um duro golpe. Hoje, amargas a dor do desemprego, a dor de ter conseguido seguir as regras de uma ditadura hehehe... Mas, porém, todavia, contudo... Tudo é aprendizado - principalmente o não emitir opiniões sobre poderosos a quem ainda não conhecemos, principalmente a não insistência em querer estar naquele lugar quando já tinhas observado que serias mera observadora e repetidora do ... "sim, mestre... pois não, mestre...".... Meu coração chorou muito e ainda chora... Merda é que mãe sempre gostaria de manter os filhos longe da dor!

João, João!!!!!!!

10/04/2008 Ode ao meu João...Nada em versos, sem estrofes... Prefiro traduzir ode para cântico. Isso, um cântico ao amor meu. Adoro te sentir por perto, mesmo estando em lugares diferentes. Amo teu toque- quando saimos a caminhar, de mãos dadas, quando nos sentamos e sinto o toque da tua perna, do teu braço, na minha pena, no meu braço. Amo teu jeito de ajudar-me a descer do transporte, tua insistência em carregar bolsas e sacolas, mesmo sob forte negativa minha... Amo teu jeito de sair a correr para ver o que há quando eu falo mais alto, ou dou a impressão de que estou precisando de ajuda. Amo teu jeito de colocar tuas pernas sob meu corpo, durante o dormir, mesmo que isto quase me coloque ao chão! hahahah Amo teu abraço forte na hora em que nos preparamos para dormir... Não importa que dali a pouco eu te empurre, por causa dos calorões! hehe! Amo te sentir por perto, amo te ter por perto, amo estar ao teu lado. Sei que sou feliz, estou feliz, embora eu não saiba talvez dizer-te tudo isso com palavras. Amo tocar teu rosto, tua barriguinha.... tocar, simplesmente por tocar... Mas, és mais arredio do que eu! Muitas vezes foges dos meus toques. João, esta é uma parte da avaliação destes tres anos juntos.

Confusão???

31/03/2008 Que coisa, gente minha! Tive que fechar a "edição" anterior e não consigo mais lembrar como alterar mensagens já publicadas! Pois... além de bacalhau, adorei também a sapateira (um siri bem grande). Argh para lula, polvo, e outras coisas de peixes... E os doces? E os doces? São muitos. E, para todos eles aqui na minha Fenadoce tem a cópia. Se eu comi doces? Tá pensando o q? Eu, de dieta, comer doce? Pensavas por acaso que eu ia deixar de comer é? Sucos deliciosos. Lá chamam-se sumos. Vou tentar colocar aqui umas fotos. Já vi que não vai ser fácil. Além o mais, como vou depois alterar esta mensagem? buáaaaaaaaa Descobriiiiiiiiiii! Claro, eu tinha tanta barra de ferramenta no meu computador que não deixavam espaço para eu ver os textos que estavam abaixo... Só não perguntem como eu consegui esta coleção de barra de ferramentas! hehehe... Bolas, agora vou ter que descobrir como diminuir as fotos! Mais uma tarefa de caráter sofrível................ Docinhos

Pão..Pão! ebaaaaaaaaaa

31/03/2008 Olha, dizem que as portuguesas são elegantes pq alimentam-se corretamente. Será? Gente, comi peixe de montão! hahaha - eu disse que peixe para mim é só na sexta-feira santa - mas, eta gente que come peixe! Ó céus.... e, já que não morro de amores por peixe, aproveitei para esconder os ditos no meio do pão.... hehehe... que pão gostoso há por lá! Comi pão e vinho... e pão e vinho.... e vinho e pão.. e vinho e pão.. tudo para poder comer o dito peixe! Ou será que foi uma desculpa para comer pão, já que eu estava em plena dieta? Amo queijo também. Mas, o gosto deles por queijo é diferente do meu... argh! comer queijo forte, amargo e com cheirinho duvidoso... Ô louco! Bom, bacalhau não é peixe. Este eu gosto.

Insana??????

28/03/2008 Hoje é sexta. Estou pensando seriamente em retomar meu blog. Mas não vou avisar ninguém. Vou começar a escrever o que me vier à mente sobre meu encontro com o João, nossa viagem à Portugal, nossa vida em familia , nossa vida com os amigos e familiares, nossos filhos, nosso trabalho... e tudo o que me vier à telha, sem seguir uma ordem! Posso?????????????? Claro que posso. O blog é meu. Bolas, esqueci como inserir uma foto aqui. Beijos para os meus amados que me aguentam mesmo nas horas insanas hehehe

Olha nós!

Olha nós no shoping!!!!!!!! A Lena, com a mão em cima do filhote, o Diogo .. e eu, de verde!!!!!!! Tem mais sobre o primeiro dia!!!!!! Viram a minha elegância???? ahahahaahah... é que eu ao diminuir a foto para colocar aqui, me "fabriquei" assim, elegantérrima!!!!!!! ahahahahaha - Não achei a foto!!!!!! buáaaaaaaaaa
Olha nós no shoping!!!!!!!! A Lena, com a mão em cima do filhote, o Diogo .. e eu, de verde!!!!!!! Tem mais sobre o primeiro dia!!!!!! Viram a minha elegância???? ahahahaahah... é que eu ao diminuir a foto para colocar aqui, me "fabriquei" assim, elegantérrima!!!!!!! ahahahahaha [ 10 comentários aprovados]

Primeiro dia

18/10/2005 Primeiro dia...Bolas, é dificil falar sobre muitas coisas, pois, na ânsia de querer ver tudo, tocar tudo, muitas coisas que vi e que aconteceram em Portugal, aos poucos é que despertarão. Sobre o primeiro dia então, muita coisa ficou na "reserva" da memória... Sei que chegamos na casa da Lena & familia. Tomei banho. Não lembro se comi alguma coisa antes do almoço!!!!!!!!!! Por falar em almoço, comi bacalhau assado no forno. Gostei!!!!!!!!! O Domingos, esposo da Lena, trabalha na GNR - Guarda Nacional (de que mesmo???? não lembro o q sifnifica o R !!!!!! ) - o Domingos é da policia. E, neste domingos ele estava trabalhando. Fomos tomar um cafezinho com ele. Levamos seu presente, mais algumas moedas daqui, para sua coleção. Lá eles têem um piriquito, que anda livre dentro do posto policial. Deu para entender o pedido de um papagaio. Depois nós fomos ao shoping Vasco da Gama. Bolas.... dava para a gente se perder lá dentro!!!!!!!!!!! Claro, vi uma C & A e tive que entrar para ver se tinha o mesmo perfume que encontrei aqui e em Curitiba. Mas não tinha!!!!!!!!!!!!!!!!

Chegando em Portugal

12/10/2005 Quem disse que eu conseguia calçar os sapatos e fechar as calças? ahahahahahaah eu estava com os pés e o corpo inchado. Foi um sacrificio. Olha, falaram tanto na chegada de estrangeiros e um país, como é controlada a sua chegada... eu estava com medo. Mas, passei livre, leve e solta, pois o João foi logo avisando que eu ficaria com ele. Ou pq era domingo e eles estavam sem vontade de fazer perguntas e abrir malas. A hora H estava chegando. Soube que lá fora, a irmã, Lena e os sobrinhos Bruno e Diogo, estavam nos esperando. Não dava para voltar. ahahaha o jeito era encarar.... E, lá estavam eles: gente miúda, delicada!!!!!!!!! Eles abraçaram o João. A Lena chorava. E eu não sabia o que dizer. Não consegui nem perceber se fui analisada dos pés a cabeça. Sei que fui abraçada, e, aos poucos, dentro do carro, fui sendo introduzida nas conversas. Um porém: ainda sofro para entender algumas expressões, palavras... eles falam muito depressa!!!! ahahahahahaha A Lena e familia moram em São João da Talha, cidadezinha que faz parte da grande Lisboa. A partir deste momento fui entrando em contato com arquitetura e estruturas diferente. Comecei a entrar em contato com alguém "um pouco" mais velha que nossos quinhentos anos. Agora, só quero registrar que fui bem recebida, e, aos poucos quero contar o que vi e vivi em Portugal. Posso afirmar que não fui entrando em contato com só pontos turíticos. Conheci sua gente, suas aldeias, pequenas cidades.... fui um pouco mais além do que o turista normal. Se Portugal me aceitou ou não? Não sei, gente! Só sei que adotei Portugal. Me apaixonei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Atravessando o Oceano

12/10/2005 - Atravessando o Oceano Atlântico..Dia 17 de setembro. Seis e meia - início da viagem - Pelotas a Porto Alegre. Tres horas de viagem. Deu para dormir um pouquinho. No aeroporto de Porto Alegre, aproveitamos para comprar livros para ler na viagem. O João comprou algo relacionado ao Santo Graal. Eu comprei o Código de Da Vinci. Aproveitamos para comprar alguns chocolates de Gramado para levar. Tomamos um cafezinho. A Lena coleciona chávenas (chícaras). O João pediu ao gerente uma para levar prá Portugal. O sujeito nos cobrou R$ 15,00... isto que no fim-de-semana anterior, qdo levamos a Raquel ao areporto, no mesmo local, o João pediu e a menina que nos atendeu, nos deu uma..... deu, do verbo dar....... pode??????? Doze e trinta embarcamos para o Rio de Janeiro. Tomamos cafezinho, olhamos as lojas.... e, um par de havaianas, com as cores do Brasil vendiam a R$ 22,00. Ô meu!!!!!!!!!! que exploração!!!!!!!!!!! Avião da TAP - no horário!!!!!!!!!!!! pasmem!!!!!!!!!!!! costume no Brasil: aviões com atrasos de uma hora, etc e tal.... Na TAP, decolamos no horário!!!!!!!!!! Instruçoes sobre o vôo e tudo mais em português, inglês e francês impecável. Televisão, onde mostrava-nos de tempos em tempos por onde estávamos a voar, informando a hora de saida, hora prevista para chegar, temperatura no local de chegada.... Durante o vôo, quem ficou acordado, viu tres filmes. Duração do vôo : nove horas. Sem nem pensar, ao sentar, tirei os sapatos, abri as calças... tudo para viajar com mais conforto. Durante a viagem: jantar, café, bebidas, e, antes de chegarmos, o pequeno almoço. Ler? Só abri o livro. Dormi. Olhei um filme. Levantei para ativar a circulação. Olhei para fora: ahahahahahaah não se vê nada!!!!!!!!!!!!

3 de jul de 2008

Presentes

12/10/2005 Claro, levamos daqui lembrancinhas para a familia e para os amigos. Tudo relacionado ao nosso gaúcho. A não ser é claro, alguns pedidos diferentes: chinelos havaianas para o Bruno e para o Diogo (sobrinhos), camisetas da Seleção Brasileira de Futebol, algo de inverno para a Lena (irmã) e a mãe, para mostrar que somos tbém fabricantes de malhas gostosas... e um estranho pedido: uma figa em madeira! Puxa, pensei que os portugueses não fossem ligados nestas coisas!!!! O Domingos (cunhado) pediu que levássemos um papagaio. Mas, como????????? Foi impossível satisfazer este pedido....

Começando...

12/10/2005 Por onde começar? Pelo inicio é claro. Esta viagem já estava determinada, já que como turista o João não poderia ficar mais de seis meses no ano, aqui. E, tudo indicava que iríamos lá visitar a familia e comigo ele retornaria ou enviaria uma procuração para nos casarmos aqui. Mas, vamos a viagem. A programação: imagina, o João queria que levássemos uma só mala para os dois para passarmos quinze dias. Uma mala só? Vcs já viram uma mulher viajar dividindo o espaço de uma mala? Tá louco!!!!!!!! Quinze dias? E os cremes e afins? E roupa para todos os dias? Como sou adepta de saias, no mínimo quinze blusas e sete saias... e os sapatos para combinar com as blusas? Calcinhas e soutiens em número mínimo de quinze cada.... Menos da metade de tudo isto? O quê????? E, se não der como lavar roupa? Nem pensar!!!!!!!!!! Vai tudo isso e mais um pouco!!!!!!!!!!!! ahahahahahaah!!!!!!!!!!!!!!! Gente, minha gente..... a correria foi tanta, um dia aqui, outro lá, mudando de endereço no meio do dia devido a convite de amigos , sem tempo de retornar a casa da familia e buscar mais roupas.... ahahahahahahaahahhaha!!!!!!!!!!! No final do dia, tirar a roupa, lavar e... olhem as fotos: se puderem ver, praticamente sempre com a mesma roupa!!!!!!! E, olhem, no verão, nada melhor do que uma saia longa, sandalinhas baixinhas.... Será que aprendi? Num sei não!!!!!!!!!! Na próxima viagem para Portugal, ou para outro local do meu imenso país, talvez eu continue a levar a mesma quantidade de roupas e afins, pois se assim não o fizer, perco o título de mulher ..... mas, que será necessário só uma saia, duas blusas e uma sandália... lá isto eu sei!!!!!!!!!!!

Familia

10/10/2005 Uma das razões das férias em Portugal era conhecer minha familia portuguesa. Não podem imaginar o medo e a angústia que de mim tomou posse na hora em que lá desembarquei. E se não me aceitassem? Me ignorassem? Mas bah tche!!!!!!!!!! Uma pergunta a me perseguir: e a sogra? Como seria????? O medo era imenso, pois sabemos como são as mães em relação aos seus filhinhos: possessivas, e, em relação às noras: tornam-se cascavéis.... Fui bem recebida, bem tratada, acarinhada. Tenho uma cunhada que é uma mulher forte, tanto ela como seu esposo são gente maravilhosa!!!!!!!!!!!! Tenho dois sobrinhos lindos. E a sogra???? Uma mãe. Ganhei uma mãe!!!!!!!!!!!!! Gostaria realmente de morar perto dela, pois, como toda mãe, sofre com a separação do filho. Hoje, lá está o João com ela. Assim, ela vai cuidar um pouco do filho, curtir a presença dele até a data de seu retorno.

Aíiiiiiiiii

09/10/2005 Não sei nem como começar a contar a história das minhas férias. Tenho muito que contar. Mas, por favor, peço paciência. Estou dodói. Dói o coração. Dói a alma. Infelizmente o JOão teve que ficar lá. Retorna, é claro.... Mas terei que esperar um pouco, um mês, dois.... Gostaria de não ter que esperar. Sinto falta do João. Bolas, bolinhas e bolotas. Beijos.

Fériasssss(25/09/05)

Descobrindo Portugal..Estamos de férias!!!!!!!!!!!!!! Juntei Santa Maria, Pinta e Nina, dei a ordem de largada.... Vamos que vamos cavalo, eia, eia.... Vamos a Portugal... Perai, perai... Sai dai Libório, Radicci... Nao quero ir para a Espanha, de carona com Colombo. Quero Portugal. Pára a carruagem Rubinho. Deixa eu descer. Acho que uma das caravelas do Cabral era a Boa Esperança. Isto é só para vcs saberem por onde anda Joao e eu. Eu estou a descobrir Portugal. Um sonho... Quando voltarmos, terei assunto para muito tempo. Só estou a curtir por enquanto.... Be

Amor.. (02/09/05)

Amor...Foi este amor aos cinquenta que o João despertou, fez brotar, florir, existir. É este amor aos cinquenta que hoje vivo, respiro, ao lado do João. Viva!!!!!!!!!!!!!!!!!! Livre, leve, solta.

Amor aos cinquenta.(02/09/05)

Amor aos cinquenta... Qual coisa é essa que de modo sutil se apresenta dentro de mim começa e todo o meu ser esquenta? De repente, vai surgindo, devagar, de forma lenta, aos poucos vai me invadindo, como o nascer da tormenta... E a isso vou sucumbindo. Meu coração não aguenta, as forças me vão sumindo, nesse amor aos cinquenta. Amor maduro, amor infindo que a tudo corrói, violenta. O corpo vai consumindo e o coração se arrebenta. Mas, ainda assim é lindo... esse sentir que atormenta, a vida vai ressurgindo, nesse meu amor aos cinquenta!!!!!!!!!!

Visita (31/08/05)

Visita.... Estou em contagem regressiva. A minha filhota virá nos visitar na semana que vem!!!!!!!!!! Que saudade da minha filhotinha!!!!!!! É, para as mães, filhos são sempre pequeninhos, com necessidade de proteção e cuidados especiais. Vou poder abraçar, apertar, dizer: -"Como estás magrinha! Estás te alimentando direitinho? Estás precisando de algo?" E, de uma maneira ou outra pesquisarei sua vida sentimental, profissional.... e, esqucerei que ela é grandinha e vou querer achar as soluções para problemas, se os tiver hahahahahahahah!!!!!!! Mãe é fogo! Olha só o meu rebento: não é a cara da mãe??? linda, linda.... ehehehehe Bolas, num consegui anexar a fotoooooooooooo Consegui...... não era esta que eu queria.... mas......

Ainda diferenças (29/08/05)

Ainda diferenças... Amo o dia que se levanta, mesmo nos domingos. Mas principalmente aos sábados. João ama dormir toda a manhã. Estou aprendendo a ficar com ele, curtir este aconchego, pelo menos aos domingos. Vamos ter que achar o meio. Para o João, peixe é vida. Peixe prá eu, só uma vez po ano... e bem fritinho. Carnes estranhas? Polvo? Coelho? Rã? Até posso experimentar, ahahahahahahahahaha.... mas não estranha se eu vomitar!!!!!!!! Para o João, verão, prá eu, inverno, primavera. Olha, vou parar com diferenças. Pelo menos, pelo que eu sinto, vejo e toco.... as diferenças são aquelas que não incomodam, fazem rir, iniciar uma "bronquinha" e parar por falta de argumentos. São negociáveis. São aquelas que não me impedem de misturar-me no seu ser, beber do seu viver, colocar nele tbém um pouco da minha essência.

Palavras-Tentativas (29/08/05)

Palavras... Sobre o meu amado, nossos encontros e desencontros, hoje ainda vu falar sobre palavras. Palavras que não usamos ou que usamos com outro significado. São: sitio (lugar), camisola (camiseta de jogador, blusão..), equipa (equipe)..... Tentativas...Esta é a terceira vez que tento escrever sobre a situação atual do Brasil e como não gostaria de que o João o conhecesse assim. Mas, não está saindo como eu quero. Bolas, deve ser a tristeza que não me deixa aqui escrever algo sobre isto. Amamos a terra em que nascemos. Acreditamos na justiça, em que todo mundo é inocente até que se prove ao contrário. Mas, aqui, as provas desaparecem como não passe de mágica, então ninguém é demitido. E nossa memória sempre é comprada por um quilo de feijão, um pedaço de pão e um copo de vinho... e lá vamos nós eleger nas próximas eleições, estes mesmo que hoje estão envolvidos. Em um país de desigualdades tamanhas, de impostos tão altos e sonegados, dos sem terra, sem teto, sem emprego, sem pão, sem estudo, perguntamo-nos: que estão a fazer a este respeito, ou todo mundo está envolvido no mensalão, cpi dos correios

IGUAL (29/08/05)

Igual Segunda-feira.... chove lá fora!!!!!!! Ainda bem que é lá fora. Parece noite. Tenho vontade de ir para casa. Tô com medo. Bom, me perguntaram, sobre o lado igual a toda espécie masculina. Vou ter que escrever. Não queria. O João não foge ao que vou contar. Não está fora do grupo. ahahahahahahaha ..... sabem o que é? O bendito controle remoto da TV!!!!!!!!!!!! Vou fazer um abaixo assinado e sei que milhares de mulheres estarão comigo: por vezes só vemos "sombras" dos programas!!!!! ahahaahahahhahahahahahaha Proponho o seguinte: um abaixo assinado para requerermos a posse irrestrita do controle remoto, ou fazer um rodizio, tipo dias tais e tais o controle é nosso, ou uma outra televisão no mesmo sitio, ou ...... iniciarmos uma guerra santa contra o controle, bem na hora do futebol... ahahahahahahahahahhahahaha..... Não fico brava não!!!! É charme!!!!!!!!

João (26/08/05)

João.... Meninas, a partir do primeiro dia de vida em comum, começaram as descobertas dos pequenos detalhes, palavras, ações, que nos tornam diferentes um do outro.... que podem nos aproximar ou gerar distancias... Sei lá o que o João poderia falar sobre isto. Sei lá o que ele sentiu. Eu ainda estou a descobrir o João. Aprendi e ainda estou aprendendo a entender significado de palavras, tais como: frigorífico(geladeira), chávena(chícara), autocarro(ônibus, transporte coletivo), telemóvel (celular), carrinha (carro, automóvel.), pequeno almoço (café da manhã). No primeiro dia em que levei o João para conhecer o centro da nossa cidade, aconteceu algo marcante. Fomos de ônibus, pois não somos uma familia ainda com condições de adquirir um carro. Na hora em que avisei que iríamos descer, João levantou-se e caminhou à minha frente.... bolas, pensei: -"Ele não vai ser cavalheiro e me deixar descer primeiro?" Desceu o João. Na hora em que eu estou descendo, o amor meu estende a mão para me ajudar a descer...... quase morri de vergonha por ter tido um pensamento negativo antes!!!!!!!! hhahahaahahah Até hoje o meu amado age assim. Desce antes e estende-me a mão...... Estão com inveja? Não, não tenham. É questão de cultura. É questão de cultura: não deixa eu carregar as compras do mercado, puxa a cadeira para eu sentar à mesa, prepara meu pequeno almoço enquanto tomo banho..... Tem mais, tem mais..... também tem o lado igual a toda espécia masculina

2 de jul de 2008

Voltando...(26/08/05)

"Voltando... Pessoal, olha eu aqui!!!!!!!!!!!!!!!! Voltei. Peço desculpas pela longa ausência. É que escrever, comigo funciona assim: tem que ser na hora em que dá vontade!!!!!!!! E hoje estou com vontade de escrever...... Estou me sentindo livre, leve e solta..... será a aproximação da primavera? ainda mais que nesta primavera estou bem acompanhada...... também a razão é a balança!!!!!! hahahahahaah Isto mesmo, com a dieta das proteinas emagreci tres quilos do dia 03 de agosto até hoje.... blz..... até estou a fim de comprar uma balança!!!!!!! Está sendo um 'parto', mas chego lá. E ontem a doutora me deu boas noticias: acrescentou duas fatias de pão integral por dia e uma fruta!!!!!!!!!!!!! Olha, mas continuo a abrir a geladeira e a perguntar: QUEM ROUBOU MEU PUDIM????????????? hahahahahahahaha"

Café,.. (12/08/05)

"Café..... Vcs imaginem o seguinte: pede-se dois cafezinhos, mais uma água. Senta-se para tomá-los. Sai-se sem pagar a conta!!!!!!!!!!!!!! É real!!!!!!!! João e eu fizemos isto no aeroporto de São Paulo, logo qdo ele chegou. Acho que foi a emoção!!!!!!!!!!!!!!! Que feio! Mas provoca-me risos qdo lembro. hahahahahahaha"

Memórias..

"Cabiúna Cabiúna era menino/ E dizia: 'Eu vou na Europa'/ A mãe dele respondia:/ '-Fica quieto, Cabiúna./ Cabiúna, não me amola.' A mãe dele não gostava./ Ralhava sempre, ralhava.../ De dia ela costurava/ Em frente ao mar, na janela/ E, costurando, cantava. '-Minha mãe, eu cresço logo,/ Fico grande e vou na Europa./ Deixa eu ir minha mãezinha?' '-Que menino sem cabeça!/ sai daqui, não me aborreça.'/ '-Deixa eu ir, minha mãezinha...' Mas toda noite ela entrava/ No quarto em que ele dormia/ E, junto dele, chorava./ Cabiúna ficou grande,/ Ficou grande e foi-se embora./ Trabalhando de taifeiro/ Num navio brasileiro. Aconteceu que uma noite,/ Junto de um cais estrangeiro/ Virou criança: chorava./ Alguém, passando, assobiava/ Uma canção parecida/ Com as que a mãe dele cantava. ............ Memórias, memórias...."

Escrito em 12/08/05

"Hummmmm Onde estão? Aliás, onde estamos?????? Onde estávamos? Sei lá, não faça caso. É sexta-feira. No mês que vem vamos para Portugal. Devido a este acontecimento, lembrei-me de uma poesia que gravada ficou na memória - 'Cabiúna era menino e dizia: Eu vou na Europa.' Hahahahahaaha .... está lá, acho que nas páginas iniciais de um livro que nós usamos lá na quinta série... chamava-se o livro 'Admissão ao Ginásio'. Deu para sentir em que época foi isto? hahahahahahaha Pena que não guardei o livro. Aliás, naquela época, os livros tinham que ser adquiridos e, por serem de valor elevado, eram guardados e passados de irmão para irmão ou vendido para um amigo. Pensei cá com meus botões: tenho que achar esta poesia. Entrei no cadê. Escrevi o nome Cabiúna. Apareceram inúmeras situações que envolviam esta palavra. E, pasmem: encontrei uma propaganda de um blog onde aparecia o a frase que sitei. Joguei-me até lá, bem rapidinho. E lá estava esta poesia tão presente em minha memória. Aqui registro esta preciosidade. Pérai, não consigo acertar o espaço entre um verso e outro...... bolas!"

Encontro...(08/08/05)

"Encontro! Fomos informados de que o avião havia chegado. Não era só eu a esperar. E começaram a aparecer os passageiros.... Não era o João. Aquele outro tbém não. Nem aquele....E o meu coração a bater forte, descompassado... Tinha a impressão que todo mundo ouvia. hahahahahaa Por momentos sentia calor, em outros, frio. Estava inquieta. Irriquieta..... Entre um e outro passageiro aparecer, havia uma longa espera, pois que eles tinham que desembarcar, pegar malas e apresentarem-se .... é, dizem que entrar em um país não é moleza! Pelo menos demorado é, eu sei o qto esperei., a olhar e pensar: não é este... nem este... onde está o João? ..... Olha lá, é o João!!!!!!!!!!!!!!! Sabia que era ele. Fui devagar ao seu encontro, para ver se ele me reconhecia.... Ele estava tentando usar o celular, ou telemóvel... como quiserem, quando cheguei bem perto! Realmente, não sei como tive coragem: sorrimos um para o outro e, como boa brasileira desinibida, ou como boa descendente de italianos, fui logo abraçando, beijando.... Ficamos muitos minutos em silêncio.... vergonha? medo? sei lá! E o João tentando explicar o atraso.... e eu a tentar entender português..... hahahehehehhehehehe....... Bem que eu gostaria de que alguém tivesse filmado este encontro! ....................... ihhhhhhhhhhhhh aí vem a chefa!!!!!!!!!!! saindo........... [ 1 comentário aprovado]"

Escrito em 08/08/05

"Sábado, dia 08 de abril - levantei-me cedo, muito cedo..... às 6 e 30 já estava a caminho de Porto Alegre para depois voar até São Paulo. Enquanto viajava, ia tentando pensar nos detalhes do meu aspecto, para ser bela como a Cinderela, mesmo com uma vassoura na mão! hahahhahhahahhaha Até Porto Alegre dormi um pouco. Até São paulo, nada de descansar. Cheguei mais de uma hora antes do avião do João. Para espairecer, caminhei bastante no aeroporto.... nestas horas senti uma falta danada do cigarro!!!!! hehehehehe E o avião em que vinha o João atrasou....e atrasou..... Gastei o piso do aeroporto de tanto caminhar e tomei todos os cafés do bar ao lado!!!! Quando o avião chegou......... bom, isto lá é outra história!!!!!!!! Já volto. Tá na hora do meu café!!!!!!!!! hahahhahaha"

Em 08/08/05

"E o dia de encontrar o João estava chegando!!!!!!! E se.... e se..... bolas, eram tantos os 'ses', que eu não podia ficar parada, que nem uma certa canção que dizia: 'Não, não posso parar. Se parar eu penso, se pensar eu...' Como iríamos reagir? E se... e se... João tinha já passagem, chegaria dia 08 de abril, às 15,30 em São Paulo. Um dia antes do João chegar, mudei-me para o nosso apartamento, de mala e cuia! Acham que fui louca? vcs tbém? Toda a familia dizia que eu deveria esperar o João chegar, ficar onde estava, e só depois de conhecê-lo, ir morar com ele. Que não haveria encanto nenhum irmos morar juntos assim, sem namorar primeiro.... Eu escutei? Claro que não, já deu para perceber antes. Eu sabia o que queria, eu confiava no que senti ao conversar com ele. Já o havia namorado pela internet.... prá que mais? hahahahhahahaha"

Voltando..(08/08/05)

"Voltando!! Olha, foi de muito sofrer o período entre o pedido de demissão do João e a compra da passagem dele para cá. Primeiro havia o medo de que não o liberassem no trabalho, demorassem a lhe dar a resposta positiva, e após ter esta resposta, havia o medo da demora do pagamento de sua rescisão. Antes disto acontecer não poderia agilizar a sua vinda (passaporte, passagem...) Lembro de dizer muitas vezes, todos os dia: Vai dar certo! Pensamento positivo e respostas positivas! E depois de respostas positivas a rescisão, palavras que jamais vou esquecer: Agora falta pouco! Só mais uns dias!!!!!! Acabei transformando o tempo no coelho da Alice, e passei a perseguí-lo, pois precisava, em um pouco espaço de tempo alugar um apartamento, comprar alguns móveis para lá colocar......... Foi uma correria!!!!!!!!!!!!!"

Amo..(3/08/05)

"Amo.... Amo o João, amo a Raquel, amo minha familia..... Mas, tbém sou apaixonadérrima por estas gravuras, desenhos, etc e tal.... que a gente pode colar no blog ou nas mensagens enviadas. Estou procurando onde copiar. Podem me ajudar???????????????????????????????????? Sou criança sim! hahahahahahaha"

Decisões... de novo! (03/08/05)

"Decisões... de novo! Certo dia o João perguntou qdo poderia partir de Portugal prá cá. Gelei. Era hora de eliminar medos. Era hora de encarar. Tentei por uma data limite, dizendo: quem sabe antes da chegada de um novo inverno em Portugal tu vens para cá. Não houve negociação... hahahahahahahaha..... foi só saber que poderia vir, o João já começou a verificar os detalhes e providenciar passaporte, etc e tal..... quando dei-me por conta, já estava tudo preparado. E eu aqui a preparar a familia. Foi uma parte muito sofrida, pois a familia toda tinha um medo danado, medo de que meu príncipe não fosse um 'rapaz bom e trabalhador'. Medo eles tinham de que o João fosse um homem de mau caráter, etc e tal.... Bolas, eu não tinha medo nenhum. Acreditei no que ouvi do João, no que li qdo estávamos no messenger. Acreditei na felicidade. E agora ela está comigo!!!!!!!!!!!! Bom, como eu já havia ouvido opiniões só negativas a respeito de relacionamentos iniciados via internet, eu só coloquei minha familia a par do que iria acontecer. Minha familia e minhas amigas do trabalho. Ninguém mais. Nem vizinhos. Nem parentes. Imaginem o que aconteceu na hora em que souberam! hahahahaha"

Decisões (03/08/05)

"Então o momento de querer estarmos juntos já pedia respostas e decisões reais. Era a hora do João e eu nos encontrarmos, viver nosso sonho.... era preciso o toque, o estar junto.... e não éramos mais crianças para esperar já que sabiamos o que queriamos. Pensa que foi fácil prá eu? Medrosa como sempre fui? hahahhahahhahahha E se ao nos encontrarmos não houvesse raios, trovões, relâmpagos? E se um não fosse agradável aos olhos do outro? E, se de alguma maneira houvéssemos deixado as escondidas algum defeito nosso que não fosse tolerado pelo outro? Esses eram em síntese os meus medos. Quais seriam os do João? Ei João, se leres o que aqui escrevi, responda... hahahahahhahahaha Hora do almoço. Volto outra hora..... beij"