16 de mar de 2010

Por onde andavas?

-Tens noticia da tua irmã? Faz tempo que ela não liga! -devido a sua doença, já não sei se tempo aqui a mãe se refere a quinze dias, uma semana...-
- Não,não tenho noticias. Não lembro a última vez que ela entrou em contato. Vou ligar prá ela e dou noticias para a senhora. - ficou só no pensamento: a irmã deve ter ficado de saco cheio com a familia qdo esteve por aqui, por isso tem evitado contato -
- Olha lá João, o skype está ligado. Vamos entrar em contato! - e a coisa chama e chama e chama e cansa de chamar - ninguém responde.
- Bom, dei o sinal. Agora é esperar o retorno.
Passa sábado, chega o domingo... e nada! Puts! Não é que ela não quer saber da familia mesmo? Então... terei que deixar assim mesmo!
Na segunda, no final da tarde, a mãe manda ligar prá mim e perguntar pela mana.
-Agora mesmo vou atrás!
-Cristina,liga para este número de celular. - A Cristina é a menina que entende tudo de como localizar uma pessoa, encontrar endereço, número de telefone...
E o porcaria do celular programado para não receber chamadas.
-Cristina, liga para este número de telefone.
E a Cris dá o recado: consta como número não existente.
Puts! Que m...!
E a Cris pede o endereço e os nomes e promete localizar a desaparecida.
E a Cris encontra o administrador do bloco onde eles residem - e o cara diz que naquele apartamento não mora ninguém com os nomes citados. - Aí! aí!
-Cunhado suicidou a mana? - Resolveram trocar de endereço para não serem encontrados? - Onde andam estas criaturas? Pq fogem do contato?
-...... vermelha, dor de cabeça ---- pressão arterial subindo, ataque de bruxismo provocando dores -----
-Deixa comigo,diz a Cris. Dou um jeito. Vais ter noticia.
-Encontrei a vizinha deles, dia a Cris. Ela está indo até o apartamento com o telefone. Pega aí..
-Alô? Vcs estão vivos? Assustaram-se? Não mais do que eu, seus... bucéfalos!
-Entrem no skype. Mato vcs!
--------------matar? bronquear? bater? .... não tem como, pois é tão bom ver as pessoinhas e ouvir as vozes, depois de achar que tinham fugido!

Nenhum comentário: