24 de mar de 2010

"E por falar em poesia..."

Eu li, recentemente, O Vendedor de Sonhos, de Augusto Cury. É sobre um homem, malvestido, tipo daqueles que todo mundo faz questão de passar longe, que está chamando outros para que possam ir espalhando a boa nova necessária nos dias de hoje. Ele está fazendo nos dias atuais parte do trabalho de Jesus. No inicio eu não estava gostando do livro, só pq sou conhecedora (conhecer não quer dizer viver) da boa nova que Jesus trouxe. E, achava eu que não valia ler algo que pareciam ser palavras e gestos copiados de Jesus... Finquei pé com minha mente e continuei a ler. Ora,ora.... Conclusão: todo mundo deveria ler, parar,pensar. Como diz minha amiga Marilaine - onde foi que nos perdemos? Este dito serve para tudo o que acontece ao nosso redor. Existe um sonho. Ainda existe. Onde o perdemos?
Uma afirmação do Vendedor de Sonhos: _"Jamais se esqueçam de que não é possível servir a dois senhores: ou vendemos sonhos ou nos preocupamos com nossa imagem social; ou somos fiéis à nossa consciência ou gravitamos na órbita do que os outros pensam e falam de nós." Como ele mesmo diz: Vivemos no terceiro milênio. Vender o sonho de ser um ser humano sem fronteitas nessa sociedade que atingiu o apogeu do individualismo parece ser o absurdo dos absurdos.
É um Jesus no mundo atual tentando despertar a nossa sensibilidade.

3 comentários:

Soraia disse...

Leci, coml diz o Gabriel Chalita, na revista da Canção Nova deste mês, desculpe o transtorno, estou em obras. Nós estamos constantemente nos renovando, sonhando e nos moldando.
Não! Vc não tem valor pelo seu peso, vc vale muito mais que isso, tb me pego nesses pensamentos atrozes, mas te digo que nem vale à pena encanar. Te admiro muito, és verdadeira em suas palavras. Obrigada por fazer parte do meu mundo blogueiro.
Um beijo,
Soraia
www.espacosoraia.blogspot.com

Silvia Masc disse...

O que mais se vende hoje são sonhos, receitas milagrosas, para emagrecer, ter pele bonita, rejuvenescer... temos que ficar atentas.
òtima reflexão.

beijinho

Leci Irene disse...

Soraia, eu é que agradeço pela tua presença, pelas tuas palavras...

Silvia: pior que alguns sonhos são tão bem vendidos, como estes que citastes,que a gente acaba comprando...