3 de fev de 2010

Amenidades.

Ontem foi feriado para nós. Cidade à beira de lagoa - logo, tivemos festa de Iemanjá e de Nossa Senhora Aparecida. Devido ao calor intenso e a um certo medo de multidão, ficamos em casa. Na preguiça. Preguiça? Nem tanto! Fui obrigada a passar roupa!
Hoje estou a trabalhar - a partir de hoje vivendo o "resmungo" do encerramento do mês. De hoje até dia 12, estará escrito na nossa testa: -"Cuidado! CÃOtabilidade!" Pior é que nós adoramos isso!
Iniciei a visitar as meninas e seus blogs. Mas, terei que parar por hoje as visitas. No entanto, ao passar pelo Canela Moída encontrei uma receita com azeitonas. Adoro azeitonas. Sou tarada por azeitonas. Quando eu estava grávida, dentro das gavetas, aqui no trabalho,era comum encontrar copos de azeitonas! ah! ah! ah! E, ao ler aquela receita, lembrei o fiasco que fiz qdo fomos visitar a familia portuguesa: ví-me, repentinamente,no meio de um olivedo, um oliveral - fiquei extasiada, abobalhada, apaixonada! Nunca tinha visto uma oliveira "cara a cara"! Só faltou eu bater o pé e dizer: daqui não saio, daqui ninguém me tira ! kkkkkkkk!

6 comentários:

Costa disse...

Em bom Português , diz-se olival

Sirlei Valéria disse...

Olá Leci...
Vim te conhecer e também estarei te acompanhando.
Também gosto de azeitonas, principalmente as pretas, hummm...
Beijos e uma ótima noite!

Elaine disse...

Querida,
Sorry...
Já corrigi, tá?
Beijos.

welze disse...

com um dia de CÃOtabilidade por perto, nunca existe amenidades. Isso é coisa para outro feriado não é mesmo. E vc disse tudo, como gostanos da coisa. adoro também uma contabilidadesinha

SUELY PERES disse...

Vim retribuir sua visita, e qto a cãotabilidade, boa sorte e bastante ânimo, faz parte. beijinhos

Carmem Tristão disse...

azeitona... hum... não desce não.... nem azeite... tem gosto de azeitona rsrsrsrs

é trauma de infância. eu era muito fraquinha e mamãe sempre tinha azeitona na bolsa. eu desmaiava e acordava com um azeitonão na boca rsrsrs