21 de out de 2008

Amélia.

"Amélia não tinha a menor vaidade. Amélia é que era mulher de verdade..."
Por tudo o que escrevi em alguns cantos por aqui, não quer dizer que eu seja uma tarada pela estética que nos é vendida pelos meios de comunicação. Sou o oposto da beleza imposta. Mas, gosto de me sentir bem. Sou grande por natureza, mas odeio que alguma roupa deixe de servir... Gosto de manter a pele bem cuidada. Não sou muito de cores nas unhas, pois quem tem duas jornadas de trabalho e uma delas é lavar, limpar.. Pintar unhas teria que ser dia- sim-dia-não! Gosto de cuidar dos meus pés. Embora até agora não tenha encontrado algo milagroso, pois devido minha natureza tenho pés grandes e por vezes semelhantes a quem anda de pés-descalços. Eu deveria andar sempre de sapatinho fechado. Mas tenho pavor de sentir calor. Amo quando, mesmo dentro da minha "viçosidade" ou seja, mesmo sendo espaçosa, não saltam os excessos da barriguinha. Aqui já é um setor mais dificil de controlar.
Quer dizer, sou viçosa, espaçosa, mas ... vaidosa!
E sou um pouco Amélia também, como todas as mulheres que por necessidade precisam sair do trabalho e encarar o trabalho do lar!
E cá estou eu a pensar no que vou encontrar fora do lugar qdo chegar em casa! hahahaha
Encerrando o expediente aqui e planejando o de lá! Help!!!!!!!!!!!!

Um comentário:

Ventania disse...

Oie!!! Não sirvo como Amélia. Varrer muito me dá calo nas mãos, tenho alergia a detergente, morro de espirrar com aspirador de pó, enfim, não fui geneticamente preparada para tal! :)))