22 de fev de 2011

Por aí, no meio do nada..encontrando tudo!.

Adoro andar por aí, por "caminhos nunca dantes explorados"... hehehe ...(por nós, é claro!). É uma maneira de pintar os olhos e a alma com a paz do verde dos campos, das plantações. Também é um meio de ter a certeza da imensidão do nosso País. Então a gente acaba tendo uma visão da nossa pequenez... pois é como que cada cidade ou povoado fosse um imenso formigueiro, e nós as pequenas formigas - muitas das quais não tem nem idéia da real existência de algo mais além de seu formigueiro! Uma ponte, entre Pelotas-Pinheiro Machado e Pedras Altas. Afirmação de um caminho muito pouco utilizado.... Motivo de susto pro João!
Caminho entre Pedras Altas e Herval. Só a estrada, o verde... nada mais, nada menos!
Ponte em Arroio Grande, depois de Herval. O João fica "encantado" com tanta segurança!
Uma pausa para o café... Claro, nós somos autênticos farofeiros - sempre paramos nos caminhos por onde andamos e tomamos um café! Qualquer dia destes levo junto o pão, linguiça...
Entre Pelotas e Caçapava do Sul.... A menina aqui está com cara de assustada pq vá que o moço, dono do Galpão pensasse que ela fosse um "bacon ambulante"?
Que churrasco delicioso comemos aqui neste restaurante, em Caçapava!
Estas fotos são do interior do Galpão do Produtor Rural. Tem tudo isto e mais um pouco! Ainda bem que o pessoal não aceitava cheque e nem trabalhava com cartão! hehehe....

2 comentários:

zeli disse...

Que bom que estás de volta, estava com saudades. Melhor ainda que os passeios continuam! Bjs

Daniel disse...

Guria, essas fotos de pontes e estradas de chão me fizeram voltar no tempo, quando andava de moto pelos rincões de Panambi. Êta, tempo bom!!!