31 de mar de 2009

Gisele Bundchen

Falando em dores - a Lizete e eu resolvemos mudar nossa postura. Passaremos a caminhar à lá Gisele Bundchen... Mas, gente! Dói pra caramba!!!!!!!!!! Dói mais para curar o estrago da nossa coluna do que deixar como está! E, depois, é uma graça caminhar como ela!!!!!!!! ah! ah! Quem nasceu para ser Leci jamais chega a ser Gisele!!!!!!!! ah! ah!
Falando em Gisele - a menina casou, se mandou do Brasil (ordem inversa)... Agora deve abandonar sua carreira? Pois que seja! Além de começar a caminhar como ela, estou me preparando para ocupar o espaço que ela está deixando em aberto. E farei melhor ainda: vou ocupar o espaço deixado por ela e desfilar mostrando minhas criações, costumizações, etc e tal! ah! ah! ah! Deixo aqui uma amostra, para provar, mostrar do que sou capaz (in?)!!! Lindo mesmo é o Piruças e a barriguinha pintada, pois que o meu fotógrafo errou na foto!
- E aí, mana véia, que tal o modelito desta "top model"?

Agonias.

Sei lá. Há no meu ar uma urgencia em fazer modificações. Quem sabe agora é a hora de partir para outros labores? Chega de papéis, de cálculos, de passar o dia sentada... Quem sabe mãos na terra, caminhar, plantar, bordar,tricotar, costurar, fazer crochê? Chega de dor nos braços, nas pernas, nos pés, nas juntas, nas costas. Abaixo a bursite, tendinite, gastrite, artrose, osteoporose, artrite, reumatismo, bico de papagaio, siático mal humorado, dores lombares, musculares!!!!!!!!!!!!!!! Quem sabe dançar, viajar, velejar? Quem sabe morar mais perto dos filhos? Pelo menos teremos quem nos dê um copo de água na velhice!!!!!!! Pior é que já ando mais tempo a procurar novos rumos do que a fazer o meu trabalho! Até já imprimi o mapa do Paraná e de Curitiba. Já levei para o João olhar. Quem sabe uma casinha no Bairro Fazendinha, ou Cidade Industrial? Quem sabe uma casinha na cidade de Araucária ou São José dos Pinhais?
Acho que tantas dores é sinônimo de não gostar mais de estar aqui sentada...

Acreditávamos que...

Acreditávamos que um dia descobririam o nosso valor, a nossa garra. Acreditávamos que um dia enchergariam quantas camisetas suamos, gastamos no labor diário. Bonito,não é??????? aí... aí...
Pois não é que de repente, não mais que de repente, o patrão começou a ficar aqui dentro do escritório mais tempo, passou a conversar conosco, trocar idéias... e até falar abobrinhas!!!!!
Nossa pergunta era: teria ele feito a descoberta sobre o nosso valor??? aí... aí...
ah! ah! ah! Conversa vem,conversa vai, descobrimos que... ele está ficando mais aqui e até trocando idéias,falando gracinhas, por causa das meninas novas que foram contratadas!!!!!!
ah! ah! ah! Pedóf....

25 de mar de 2009

Los hermanos, cadê a frente fria????????

Cá no sul do Brasil costumanos dizer que tudo é culpa da Argentina. Massa de ar quente? Veio da Argentina! Massa de ar frio??? Vem da Argentina!!!!!!!!!!!! Pois, que seja: los hermanos são os culpados de tudo! - Podem mandar a frente fria, minuano de renguear cusco. Nós estamos preparados! "-Toc! toc! - Quem bate? - É o frio! -Não adianta bater, eu não deixo você entrar..." Lembram desta propaganda? Pois, mandem a frente fria, já! Queremos testar nossas novas aquisições! Compramos um fogão a lenha e uma salamandra, daquela pequenas, bem pequenas... Mas dizem que aquece e muito! Só esperem a gente comprar lenha viu? A salamandra está no local. É claro, o João não deixou nem secar a coisa e já testou para saber se a fumaça saia direitinho. E saiu sim! Lá estava, fumaça branca! "Habemos papa!" outro? claro, já pedimos "himpitman" do Bento XVI! Hoje terminanos de colocar o fogão a lenha e o seu chaminé. Fui a assistente técnica na hora de colocar a chaminé: "- Mulher, não ria! Estão saindo os tubos do lugar!" - Como segurar o riso se, ao ver o chapéu que é colocado em cima dos tubos da chaminé e depois ver aquilo lá, acima do telhado, eu lembrei dos moinhos de vento do Don Quixote de La Mancha? aí... aí... ah! ah! ah!

Sem curto, normal!!!!!!

Imagina se na casa dos sonhos isso poderia ser feito: levantei, após o café, varri a casa. Lembrei de arrumar um gavetão, onde estão minhas coisas de crochê, tricô, corte e costura, pintura e etc e tal. Lá dentro achei o tecido que eu comprei para a cortina da cozinha: juta e ... pensei... olhei e vi minha caixa com as tintas.... Peguei a juta, cortei para as duas janelas, em quatro partes. Pendurei na corda. Peguei a caixa com as tintas e fui lá para a garagem. Já aí ficou o gavetão aberto, com todas as coisas no chão. Quer dizer, deixei de arrumar e parti para outra coisa.... Lá na garagem encontrei uma máquininha antiga, de colocar veneno nos mosquitos, que o pai nos deu. Limpei a dita. Peguei um tubo de tinta. Desmanchei. Coloquei na maquininha. E fui lá perto da juta que estava pendurada na corda e... flit flit flit... maquinadas de tinta no tecido! E fiz isso com diversas cores... Ficou uma graça! Mas, antes de terminar fui chamada pelo maridão para dar uma assistência técnica - ele estava colocando a chaminé do nosso fogão a lenha!!!!!!!! - assunto para outra postagem. Quer dizer, e eu fui fazendo uma coisa ali, outra aqui... depois veio o almoço, depois fui ao médico, ao supermercado.... logo, o gavetão tá aqui, aberto, ainda por arrumar!

Curto circuito.

Entro em curto, de vez em quando. Imagina - por vezes, gostaria de ter uma casa bonitinha, limpinha, arrumadinha... cheia de frusfrus, rendinhas, crochezinhos, babadinhos, fitinhas. Muitos objetos delicadinhos, em miniaturas. Almofadões, almofadas, almofadinhas, espalhadas por todos os cantos. Janelas enormes, cortinas transparentes para entrar luz. Luz do dia. Luz do sol. Luzes da noite. Flores, muitas flores. E, cada cômodo decorado de uma maneira numa semana e na outra semana, de outro modo. Tipo assim: tudo em tons de rosa, rosa claro, rosa choque, rosa escuro, rosa bebê, rosa em mil tons; em outro cômodo, tudo em tons de amarelo, noutro em tons de azul... e por aí vai. aí.. aí... Sintoma dos enta. Seria capaz de excomungar da casa quem invertesse a ordem de algum objeto ou quem deixasse qualquer migalha no chão. Hum... Não daria certo! Seria uma casa habitada por fantasmas... sem sinal de pegadas, de toques, de cheiros. Teria que andar de pés descalços, etc. Não teria muita graça não!!!!!!!!!!!!

Pisando na bola....

Esta esqueci de contar: toda faceira, enviei uma camisa do Grêmio para meu genro que estava de aniversário e uma camisa feminina para a Raquel, pois sei que ela é gremista. Bom, já que lá em Curitiba ela torce para o time do Cézar, nada mais correto do que eu pensar que ele torceria pelo Grêmio, time da Raquel aqui no RS. Ledo engano: ele disse que o Grêmio só trata mal o time dele ; que o azul e branco não combina com o vermelho e preto do time dele... aí, aí... Um dia destes, o nosso vizinho, o Daniel, nos deu camarão para comer enquanto víamos o jogo do timão, no dia seguinte, à noite. Eu lá sabia de jogo. Pesquei o seguinte: o Internacional de Porto Alegre vinha jogar aqui na cidade. Cheguei a conclusão que ele era colorado. aí... aí... Andando pelo centro da nossa cidade, encontrei uma loja legal, a Grenalmania. Tudo o que podes imaginar, em azul e branco ou em vermelho e branco. Imagina: até escapulários! Ou ainda: até cuecas! Comprei uma camisa do Inter, para o Cézar e comprei uma para o Bernardo, filho do Daniel. Um alemãozinho de um ano. Pensei: vai ficar lindinho de vermelho e branco! Sobre o Cézar, ainda não digo nada, pois ainda não enviei a camiseta. Mas, perguntei para o Daniel: - E aí, como ficou o Bernardo de vermelho e branco? -Dona Leci, o vermelho e branco não combina com os olhos dele, que são azuis! Conclusão: o pai é gremista!!!!!!!! grrrrrrrrrrrr aí... aí... Depois dos enta, a gente perde a capacidade de entrar em sintonia com as pessoas e ou perde a capacidade de chegar a conclusões corretas????????????????

16 de mar de 2009

Ora, bolinhos!

Este fim de semana foi atípico!

Fizemos pasteizinhos de bacalhau. Eles chamam de pasteizinhos, nós dizemos bolinhos de bacalhau. Bacalhau cozido e desfiado, batatas cozidas e amassadas, cheiro verde,ovos. Até aí tudo bem. Mexa tudo, bem mexido... Pior para mim foi a técnica milenar de fazer o pastelzinho usando duas colheres! Eu tive que aprender, na marra! O João ali, do meu lado - é assim, não é assim... Quase desisti! Mas aprendi! Vixe!!!!! E eu que adorava colocar a mão na massa, passei a amar duas colheres! ah! ah! ah!

Outra do fim de semana - meu afilhado, Anthony, estava de aniversário e nós fomos jantar lá, no sábado. Puxa, faz falta uma turma jovem à volta. Melhor ainda: só tinha meninos! Parecia o Clube do Bolinha! Cerveja, churrasco, saladas, mussi de maracujá, mais cerveja e... piadas, advinhações, mágicas. Até o João estava lá no meio,todo empolgado!

Nesta festa, foi bom ver o trio: Ilda, Lucinha e Leci - tres meninas viçosas. Viço em exageiro!

No domingo a noite,os meninos foram lá em casa - O João serviu licor de cassis e servimos pasteizinhos de bacalhau, queijo e cubos de peito de frango. Eles não queriam mais nada - só queriam morar na garagem pra continuarem a ser bem tratados. Só não gostaram quando eu aceitei e dei tarefas - passar roupa, capinar a horta,plantar, cuidar do jardim, limpar a casa... ah! ah! ah!

Projetos.

Estou com uma idéia aqui.... mirabolante! Já que estou erguendo mais uma bandeira, a bandeira dos aposentados versus seus ganhos & perdas, vou lutar por algo em prol das meninas aposentadas. Tive esta ideia ao querer sair com uma blusa que fiz prá mim - uma blusa com uma costura abaixo dos seios, para destacá-los. Mas, vesti a dita cuja,me olhei no espelho... Uel, uaííííiiiiii ... Descobri algo interessante: existem coisas que "desaparecem" quando estamos na idade dos enta!!!!!!! Uma delas são os seios!!!!!!!!!!!!!!! Cadê eles? Tadinha de eu!!!!!!!!!! Vou criar uma Lei que dá para as meninas aposentadas o direito de usar o "vale-seios-novos". É só apresentar o dito numa clinica de estética! Assim não dá! Desaparecem os seios, mas em compensação há uma livre e não desejada aquisição de barriga e bunda!

13 de mar de 2009

Alerta Vermelho!

Uma pergunta que o Pinck sempre faz ao Cérebro: - O que vamos fazer amanhã, Cérebro?

O Cérebro quer é dominar o mundo. Bom, dominar o mundo já não quero. Quero mais é dominar o pedacinho de chão onde eu planto! Por isso, já emiti um alerta vermelho -chega de caracóis tomando posse das minhas flores, do meu jardim! Ontem e hoje pela manhã levantei mais cedo, pote cheio de sal em punho.. e lá fui eu,percorrendo meu vasto território,caçando caracóis e colocando no sal... Ei, nem tente imaginar uma senhora de roupão e pantufinhas no meio do jardim! É uma visão que dói! ah! ah!ah! Ainda não cheguei neste estágio! Aceito idéias para acabar com a "produção" e "invasão" dos caracóis. Podem enviar sugestões,nomes de remédios. Vou usar os remédios que eu não tenha ainda colocado,ok?? Já me deram uma idéia: colocar na volta das minhas plantinhas um pequeno murinho e em cima dele uma camada de sal.

Outro alerta: O Senador Paulo Paim "acha" que ainda este semestre vão votar sobre o fator previdenciário. Pior: se eu pedir aposentadoria antes, não terei como recuperar o que foi perdido!

Assim não dá! Preciso me aposentar. Meu patrão já dobrou o cabo da boa esperança - já está no caminho em que urge se aposentar: irritadiço, desconfiado, bronquinha! Se ele não se aposentar,me aposento eu! Ontem ele chegou me culpando por ter pago a mais um processo trabalhista! Arre,meu! Como vou conferir,conciliar processos com pagamentos se tudo fica com os advogados e é ele que dá o amém na hora de pagar??? Outra: ele nunca deixou a gente ver e saber dos processos!

Alerta para os que estão entrando na idade dos "enta" - quarenta, cinquenta, sessenta.... Uma das coisas estranhas que acontece nesta idade: a gente já começa aentender tudo e todos - seres animados e inanimados;pessoas e máquinas; humanos, animais,plantas e toda a natureza. É tal o entendimentoque a genteacha que asmáquinastem que nos entender também. Um exemplo disso está aqui, neste parágrafo. Estou digitando e tenho a leve certeza deque a máquina vai dar um espaço entre cada palavra que escrevo!

11 de mar de 2009

Batalhas.

Até os 25 anos sonhei sonhos coloridos, comum ao lugar de onde vim - sem pensar no futuro pessoal, financeiro. Sonhos comuns da maioria das mulheres, sem abrir os horizontes, copiando a vida ao lado - ser princesa, viver um conto de fadas, casar, ter filhos. Depois,até os 40, empenhei todas as armas,lutei todas as lutas, levantei todas as bandeiras - tudo que me direcionasse a melhorar a vida dos esquecidos, pobres,desvalidos, fracos e oprimidos. Finquei pé. Fui paciente, carinhosa, firme, grossa e por vezes até estúpida, tentando uma distribuição melhor de bens e direitos entre todos. Adotei Jesus,o Cristo, como meu professor, ilustrador, orientador, Salvador. Após os 40, disvirtuei - não,não abandonei o Cristo. Comecei a abandonar a Comunidade de Base que me acolheu. Comecei a me questionar a respeito do que eu fazia, dizia, sentia. Tudo era em desacordo com o restante da "tripulação". Passei a enfiar minha cabeça na areia, quer dizer, no trabalho, até poder encontrar um novo caminho. Então me dei conta que tudo tem sua idade. Comecei o retorno. Retorno que todos deverão fazer. Parece-me que hoje vivo a adolescencia - estou mais liberta, mais risonha... sem saber o que fazer com braços e pernas,pois bato e derrubo tudo à minha volta. Claro,para voltar a ser criança, tenho ainda que passar pela aposentadoria. E isso está me irritando! Ora,ora... trabalhei uma vida e hoje, o tal fator previdenciário vai reduzir meu ganho pela metade! Pode? Pode? Será que terei que me empenhar em uma nova luta:???
P.S. - acabei de escrever um e-mail para o Senador Paulo Paim. Quero que ele me esclareça sobre isto e me coloquei ao seu dispor para levantar mais uma bandeira.... grrrrrrrr ou ha! ha! ha1???

Fumo.

Fumo. Não é "fumo" do verbo ir. É fumo mesmo, de verdade! Comprei um pacotão de pó de fumo para matar os bichinhos que comem minhas plantas, entre eles, os caracóizinhos.. São uma praga. Espalhei por todo o nosso jardim. O vizinho não resistiu: - O que é isto dona Leci?
-Olha, estou preparando a sexta-feira 13. Hoje é o pó de fumo. Na sexta-feira 13 eu venho com as velas e a cachaça e faço a festa com os caracóis!
Acho que ele não entendeu. Ficou me olhando....

10 de mar de 2009

Novas... novidades.

Chamei a Daiane de coelhinha? Mudei o nome... Hoje recebemos mais uma colega nova, a Helena. Então é assim: nosso time foi acrescido de duas novas contratações para fortalecer o dito - a Daiane dos Santos e a Helena de Tróia... hehehe... Sei lá: mas tenho a leve impressão que conheço a Helena de algum lugar. Não sei onde, de onde. A Liz tem a mesma impressão. Não podemos dizer que a conhecemos de "outros carnavais",pois ela é novinha. Bem mais jovem que a gente. Então teremos que bisbilhotar a respeito do pai e da mãe dela. Já estamos na idade em que temos que perguntar aos novos: és filha de quem? Melhor mesmo se a criatura mostrar a foto dos pais...
A gravidinha se recusa a comer. A Liz e eu,principalmente a Liz, tenta obrigar a criatura a se alimentar. Ela só grita: mas eu vou engordar! Uai,dizemos: isso acontece com toda a mulher grávida! Vai, come. Depois tu entra no nosso time do "regime dia sim e outro também"!
Estou apaixonada pelo meu computador. hehehe Ganhei um novo. 2 GB - tela plana - etc e tal... nos dois primeiros dias eu queria o meu de volta - estava sentindo falta da "lezera" dele e dos fantasmas que tinham no monitor! Pior é que a minha mesa ficou maior - sobra espaço. Assim, preciso limpar a dita todos os dias para não verem a minha bagunça!

4 de mar de 2009

Novidades II.

Cegonha no ar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Ebaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
Vamos ser "titias", eu, "tia-avó"! ah!ah!ah!
A Rosiane está grávidinha! A vida se renova, segue em frente. Nova sementinha. Nova plantinha. Nova flor. Novo fruto.
Eu digo que vai ser uma menininha. Vamos apostar????

Novidades.

É tão bom novidades, coisas novas, roupas novas, interesses novos, lugares novos... e, gente nova! Renovar, abrir as janelas,deixar entrar ar e claridade! É eliminar o cheiro de velho, de mofo; é dar umas pinceladas bem coloridas nas velhas coisas. ha!ha!ha! Claro, no nosso caso, nem tudo precisa de pinceladas coloridas, pois que ainda há, na maioria, vigor,força, coragem,colorido... Uma das nossas novidades: uma colega nova, no trabalho - a Daiane. Colega e sei que será amiga de todas. Gente nova,cheia de força. Como dizemos: vassoura nova, pronta a entrar em todos os cantos, sem medos, sem deixar para depois! Bem vinda,Daiane. Espero o contágio da garra e gana com que inicias... he!he!he!
Vou chamar a Daine de "coelhinha", porque estive a observar que em alguns momentos,pela rapidez em que se move na sala em frente,parece que chega a dar pulinhos!!!!!!