9 de nov de 2011

Mãe Maria versus Tareco e Piruças

Lembro bem - mãe Maria mora em um apartamento no sexto andar. Nada de poeira. Nada de pó. Nada de cão. Nada de gato. Muitos tapetes. Só ela... e tudo no seu lugar, com móveis tradicionais.
Ela chega aqui e encontra uma casa sem móveis tradicionais. Uma casa onde o pó entra pela janela da frente e vai fazendo morada por toda a casa... Uma casa, numa rua sem calçamento, numa cidade muito úmida! Uma casa onde dois cães fazem parte da familia ahahaha - o Tareco e o Piruças, entrando e saindo da casa na hora que lhes apetece.
Acho que ela ainda está em choque! Porém, a gente crê que até janeiro, ela mais Tareco e Piruças tornem-se muito amigos!
No primeiro dia que mãe Maria falou pelo skipe, ao mesmo tempo com tia Margarida e tio João (irmão e cunhada) e a filha Lena, o Piruças assustou-se... Ouvindo as vozes portuguesas em alto e bom som, sem poder traduzir (ahahaha), o Piruças olhou para todos os lados... ahahaha... e foi ligeirinho procurar minha ajuda!

2 comentários:

✿ chica disse...

rssssssss....Imagino a cena!!! beijos,chica

Lúcia Soares disse...

Ah, mas tô pra te contar que não é porque ela mora no 6º andar que não tem poeira...É que "nas Oropa" fica tudo fechadim o dia todo, né não? rsrs
Porque poeira sobe pra tudo quanto é andar, já comprovei! rsrs
Ela vai é achar muito bom a casa aberta e o "vuco-vuco" de entra e sai o dia todo. (nossa! ficou dúbia essa frase, não? rsrs)