9 de nov de 2011

Mãe e filho trocando informações, conhecimentos... Juro que tentei entender, mas nesta hora, só com um bom tradutor!!!!!!! Pouco percebi do assunto!
Há que destacar uma grande diferença entre brasileiros e portugueses - somos o único povo que tem uma palavra para o sentimento de ausência , a saudade. Mas, caramba, só brasileiro sabe expressar em gestos esta palavra! A gente abraça, beija, cheira, ri, chora, qdo encontramos a pessoa que nos provoca saudade, mas, os portugueses são muito fechados!!!!!!!!!! Eles não demonstram.... Aliás, mesmo provocando não consigo fazer com que o J diga o que se passa, o que sente!
Porém, tenho que registrar algo que me chamou a atenção: olhando a mãe Maria nos olhos, vejo neles uma ponta de velada tristeza, desamparo. Talvez seja gerado por viver sozinha, longe dos filhos e quase sem contato com o mundo lá fora. Acho que também gerado por tão cedo ter ficado viúva....
Solidão é bom. Mas na medida certa. Por isso, eu sempre canto aquela canção da postagem sobre Pensamntos assustadores: "telefona, não deixe que eu fuja, ocupa os espaços vazios..."

2 comentários:

Socorro Melo disse...

Oi, Leci!

Que bacana! Espero que mãe Maria tenha uma ótima estadia por aqui, e que aproveite os encantos do nosso Brasil, e a companhia de vocês.
Tens razão, somos um povo alegre, efusivo, e isto é nossa principal característica.

Um grande abraço
Socorro Melo

Lúcia Soares disse...

Ela e o filho se parecem muito, heim? Imagino a alegria deles em estar juntos, embora não demonstrem. Mas aos poucos vc vai se achegando e ela vai recebê-la. É uma questão de acostumar.
Também não sou muito beijoqueira, nem abraçadeira, mas gosto bem que se cheguem a mim.
Beijo!