29 de mai de 2009

Familia...

Contando para atenuar a situação:
Minha mãe tinha uma amiga, a dona Geralda. Como eu "adorava" a dona Geralda! grrrrrrrrr! Ela colocava os olhos na minha digníssima pessoa e já lascava o verbo: -Como estás gorda!!!!
Arre,passei anos a fio ouvindo este comentário! E, qdo eu emagrecia,ela nem "trinta"!!!! grrrrrr!
Agora, a dona Geralda deve estar atazanando os anjos e santos, se eles estiverem gordinhos!! ah! ah!
Não tem coisa pior que alguém nos dizer que estamos gordas! A gente sabe. E sabe... e sabe...
Em vez de ajudarem ,estas pessoas nos dão um empurrão para baixo!
Agora, minha tia Catarina é que ocupou o lugar da dona Geralda. - Leci,como estás gorda! Quase não te reconheci! Onde vais parar??
Aí, meu Deus! Pensei que eu estava livre deste tipo de assombração!
Isso não é nada! Nossa amiga Tânia,também tem essa mania!
Vou armar o maior "barraco" na próxima vez que uma delas disser algo arespeito das minhas formas arredondadas!!!!!!

Nenhum comentário: